Previdência + #VazaJato – Duplo Expresso de Domingo 30/jun/2019

Destaques:
– Maria Lucia Fattorelli e a nuvem de fumaça — azul e (pseudo!) “vermelha” — encobrindo o fim da Previdência.
– Luiz Moreira comenta a atualidade política e jurídica do Brasil golpeado, com ênfase no desenrolar do “#VazaJato”, na sucessão na PGR e na perspectiva jurídica de Lula.
Apresentação: Romulus Maya.

Ler mais

Folha vs. Intercept: novo “cavalo de Troia” deixa Dallagnol bem na foto (de novo!)

Hoje sai novo estalinho – em vez da sempre prometida “bomba”. Pior: estalinho esse que, ainda por cima sai (mais uma vez), pela culatra!

Ler mais

Exclusivo: “Greenwald preso”, Moro na CIA e Mourão sincerão — chega o “golpe no golpe”?

E a viagem de Moro aos EUA (há muito agendada!)? Como entra nisso tudo?
“Moro foi lá pegar as informações da inteligência americana (CIA, NSA) a respeito, para que pudesse chegar às digitais de cada membro da “quadrilha”. Em voltando, prenderia Glenn Greenwald e apreenderia os computadores. Onde, aliás, haveria novas digitais ‘russas'”.
Chega o “Golpe no Golpe”: imaginemos, diante disso, que os tais “hackers russos” façam, “em retaliação”, um ataque massivo à infraestrutura brasileira (energia e comunicações), com apoio entusiasmado (adesão?) da “esquerda” brasileira, revoltada com a “prisão” de Greenwald. Ou seja, Estado e população “atacados de fora e de dentro” ao mesmo tempo, no mais completo “caos” (devidamente fabricado).
Chega, diante disso, a “solução de ordem”: o Executivo recebe poderes de emergência delegados, especialmente no tocante a comunicações e combate a “ameaças cibernéticas”. Sai um…

Ler mais

Greenwald (& Veja) — a pegadinha do Golpe: D.E. aposta sozinho e quebra a banca!

“De qualquer forma, agradeço pela confirmação de que o @duploexpresso sempre esteve certo. Não só com relação a Glenn Greenwald ser um ‘cavalo de Tróia’ dos EUA (‘limited hangout’) como também com relação à extensão da cooptação na ‘esquerda’ — especialmente a parlamentar — pelo Golpe. Todos se oferecendo para serem o ‘MDB’ dessa nova ditadura, não declarada!”

Ler mais

Imprensa russa repercute suspeitas sobre Dilma levantadas pelo Duplo Expresso

“É curioso que, além das fotos oficiais que constam do site da Duma, o (site de extrema-direita) “O Antagonista” tenha também publicado outra foto, adicional, de Dilma e Gleisi, passeando perto do Kremlin, foto essa alegadamente tirada por um “turista brasileiro” que casualmente estaria passando pela Praça Vermelha naquela hora. Tal fato despertou a suspeita razoável no site Duplo Expresso de que toda a viagem pode ter sido uma grande armação, e que Dilma teria ido a Moscou para que, depois da publicação do The Intercept, o Partido dos Trabalhadores pudesse ser acusado de conspirar com o Governo russo e de solicitar ataques de hackers desse país contra o Governo brasileiro”.

Ler mais

“Brasil: Narco-Evangelistão” – Duplo Expresso 27/jun/2019

Destaques:
– Romulus Maya e Rubem Gonzalez comentam: “Brasil: o Narco-Evangelistão”.
– Eduardo Jorge Vior: “O narcotráfico guia a política de Washington na América Latina; G20 e o (miserável) papel da Argentina e do Brasil nele”.
– Mario Maestri: “EUA: ganhar no quintal o que perde no mundo”.

Ler mais

Duplo Expresso 26/jun/2019

Destaques:
– Romulus Maya e mais um CQD: outro dia de “telecatch” no STF entre “garantistas” (de ocasião) e “malvadões da capa preta” — O D.E. avisou! O dia de ontem foi positivo e não negativo: desmascarou de vez o “PT Jurídico”.
– Cibele Laura: “soberania, recursos naturais e o Golpe no Brasil”.
– Fernando Nogueira e a farsa no STF.

Ler mais

Exclusivo – como Dilma e os militares ultrapassaram a linha (no pré – e pós! – Golpe)

Não basta dizer que há antipetismo nas Forças Armadas, é preciso entender como esse viés ganhou “materialidade” e galvanizou o apoio dos militares ao projeto do Golpe.
Há, aí, uma boa pista para que se entenda por que, do ponto de vista militar, não se trata necessariamente de “entreguismo” o que ora está acontecendo (sob Temer e Bolsonaro) — mesmo que se discorde, frontalmente, dessa sua “interpretação” da realidade.

Ler mais

Duplo Expresso 25/jun/2019

Destaques:
– Nildo Ouriques: a polêmica do Intercept/ Duplo Expresso; mais “Honduras arde”.
– Thais Moya decifra o subtexto do atual cenário político, com ênfase no esvaziamento do balão Glenn Greenwald.
– Piero Leirner e os últimos disparos na guerra híbrida. Ênfase na leitura dos impactos das últimas rodadas da perspectiva militar.

Ler mais

Entre pombos e pavões – A “ameaça Russa” e o caso do jornalismo dourado

Enquanto a “mídia progressista” brasileira tapa os olhos, bocas e ouvidos sobre as ligações internacionalmente conhecidas entre o The Intercept e as organizações Pierre Omidyar, dizendo inclusive que essas ligações são “teorias da conspiração”, a “extrema e nova direita alternativa” aposta exatamente na ligação entre Omidyar e suas operações de desestabilização governamentais pelo mundo. Para essa direita, Omidyar é quem promove os grandes flancos de “guerra cultural” no mundo nos últimos anos. A ironia desse ponto é que essa “contra-informação” levantada pelas redes dessa direita midiática atrela as intervenções culturais das organizações Omidyar aos Russos! Sendo que, na verdade, as corporações Omidyar operam em conjunto com inúmeras instâncias da inteligência e contra inteligência norte americana (CIA, NSA, FBI).

Ler mais

Pepe Escobar: “VazaJato” se transforma no Russiagate 2.0

“Como tenho discutido com alguns de meus principais interlocutores brasileiros, como o antropólogo craque Piero Leirner, que sabe em detalhes como os militares pensam, e o advogado internacionalista baseado na Suíça e consultor da ONU, Romulus Maya, o Deep State americano assume a posição de articulador da ascensão direta das Forças Armadas brasileiras ao poder, assim como os seus fiadores. Assim sendo, caso essas não sigam o roteiro ao pé da letra – ou seja, relações comerciais limitadas com a China; e isolamento da Rússia – o Deep State pode trazer o pêndulo de volta a qualquer momento”.

Ler mais

Duplo Expresso 21/jun/2019

Destaques:
– Romulus Maya: urgente – Revista Istoé dá a senha para o fechamento do regime com “off” da “Polícia Federal” (sic)! Sim, exatamente como o Duplo Expresso avisou: vão usar o fake “ataque dos russos”. E a História registrará exatamente quem, na “esquerda”, se omitiu ou, pior ainda, ajudou-os com esse patético “incêndio do Reichstag” tabajara.
– João de Athayde: “breve dicionário de noções úteis”.
– Claudio Pacheco comenta a atualidade política.

Ler mais

Explosivo: a viagem – secreta – de Dilma à Rússia, em meio à “#VazaJato”!

Este é, sem sombra de dúvida, o momento mais grave em que eu, Romulus Maya, me dirijo a você, leitor, na qualidade de editor do Duplo Expresso.
Tivemos acesso, no meio desta semana, à informação — de alto potencial explosivo — de que Dilma Rousseff acaba de fazer uma visita — secreta! — à Rússia, há cerca de dez dias.
Sim, é isso mesmo: a ex-Presidente da República — pelo PT… — esteve secretamente em Moscou entre os dias 4 e 5 de junho. Ou seja, “casualmente” 5 dias antes de Glenn Greenwald publicar a bomba semiótica “#VazaJato”. E, com ela, sequestrar o noticiário político — à esquerda e à direita — no Brasil, com repercussões para além de nossas fronteiras.
Prepare-se para grandes surpresas. E circunstâncias muito suspeitas.

Ler mais

Duplo Expresso 18/jun/2019

Destaques:
– Romulus Maya comenta as reações ao artigo-bomba “Explosivo: a viagem – secreta – de Dilma à Rússia, em meio à “#VazaJato”!” (link: https://duploexpresso.com/?p=105834): recibos passados à sua viralização ontem; e confirmação – espetacular – no fim do dia.
– Nildo Ouriques: «Mexico: as opções de Lopes Obrador diante do Império».
– Thais Moya decifra o subtexto da “VazaJato”.
– Piero Leirner e os últimos disparos na “guerra híbrida”.

Ler mais

Fake “hacker russo”/ “pavão misterioso”: Duplo Expresso avisou, não foi?

URGENTE! MENTIRAS DO PAVÃO MISTERIOSO: HACKER RUSSO – Exatamente como ALERTAMOS HÁ UMA SEMANA!

Canais subterrâneos da extrema-direita estão espalhando fake news de “hacker russo”
Em resumo, tais canais e mídias centraram-se narrativamente na falsa denúncia de uma suposta interferência russa e chinesa no mundo, e, agora, no Brasil, através de terrorismo cibernético promovido por conluio do The Intercept com forças esquerdistas nacionais e internacionais para desestabilizar a segurança nacional e o governo Bolsonaro. Segundo tais denúncias, Glenn Greenwald teria contratado hacker russo para invadir celulares de membros da Lava-Jato, além de ter comprado o mandato de Jean Willys. Perante isso, clamam que Bolsonaro aja estrategicamente com militares e Moro, com vistas a fortalecerem as leis antiterrorismo e medidas de proteção contra a guerra cibernética.

Ler mais

Duplo Expresso de Domingo 16/jun/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso de Domingo, 16/jun/2019, os seguintes destaques:
O constitucionalista Luiz Moreira, ex conselheiro do CNMP, e o Professor de Direito Econômico da USP Gilberto Bercovici debatem a atualidade política e jurídica do Brasil.
Apresentação: Romulus Maya, especialista em direito internacional econômico.

Ler mais

Exclusivo: a manipulação do Intercept para proteger Moro & Dallagnol

Exclusivo: a manipulação do Intercept para proteger Moro & Dallagnol
Prefácio por Romulus Maya:

Exclusivo: batom na cueca! O malabarismo “editorial” do Intercept para induzir leitores a erro na tentativa de proteger Moro & Dallagnol, principais suspeitos de serem os vazadores dos diálogos, tirando-os do foco. Editores Glenn Greenwald e Leandro Demori devem explicações.
Se foi Dallagnol, ou Moro, esses não passam de peões sem efetiva relevância; “serviçais” do imperialismo. Mas o que “Rei e Rainha do vazamento” (a saber, Deep State norte-americano) querem operar no tabuleiro politico brasileiro, e, ainda mais importante, mundial?
Quando experientes e calejadas lideranças esquerdistas fazem coro à narrativa que serve, na prática, aos interesses do Deep State (“ataque russo ao governo e às instituições brasileiras”), significa que são ingênuas e despreparadas ou que estariam convenientemente fazendo jogo-duplo para emplacar um roteiro acordado e ensaiado?
E nós? Seremos apenas telespectadores boçais desse grande “Big Brother Brasil”? Ou, na verdade, de um “Big Brother… America”? Bem, Glenn Greenwald — e seu “mecenas”, o “polêmico” multi-bilionário Pierre Omidyar –, certamente, sabem a resposta para essa pergunta.

Ler mais

“Melhores inimigos”: falso “duelo” entre Intercept & Moro (made in CIA) está fazendo água

Dia agitado hoje. O artigo que publicamos na quarta-feira, “Exclusivo: militares usarão #VazaJato, Greenwald e “russos” para dar golpe?”, apesar de tamanho, densidade e choque com o senso comum, estourou. Assim como os programas “Duplo Expresso” desta semana. Tentaram, mas não houve como manter decisão tático-editorial à la Globo de fingir que não existiu. A partir daí, um acúmulo de recibos passados. Seja dos dois editores do Intercept diretamente envolvidos (Glenn Greenwald e Leandro Demori), tentando justificar o injustificável, e seguir numa cada vez mais clara enrolação diversionista, seja de quem, por malícia ou total ausência dela, nos partidos de esquerda e no “PIGuinho vermelho” embarcou nessa nova “flauta mágica” – com partituras made in CIA.

Ler mais

Existirá o “Sagrado” para o Neoliberalismo?

Se pudesse, João de Athayde enfiaria um toco na ponta do canhão de um destes fake tanks defensores do neoliberalismo. E, no engasgo, aproveitaria para perguntar: “Conhecerão o sentido do sagrado? Respeitarão algo como sendo sagrado? Ou profanarão com sua sede até o último ligame de compaixão e solidariedade dos grupamentos humanos?”

Ler mais

Exclusivo: militares usarão #VazaJato, Greenwald e “russos” para dar golpe?

Os militares usarão #VazaJato, Glenn Greenwald e os “russos” para dar o golpe no Brasil?
Com apoio dos EUA?
É por isso que estão usando Greenwald para queimar Sergio Moro?
Que papel os partidos de esquerda – e os veículos ligados aos mesmos – desempenham nessa farsa?
O de “idiotas úteis”?
Ou algo mais sinistro?
Aliás, para além do principal, o timing sincrônico dos ubíquos “agentes russos”, qual seria o evento detonador do “reboot”? Algo com a Venezuela? Uma nova “fake-ada”? Em Moro desta feita, talvez? Ou, um ataque em larga escala à infra-estrutura brasileira (e.g., derrubar Itaipu)? “Casualmente”, por exemplo, amanhã, no dia da “greve geral” – convocada pela esquerda? “Provando”, “em definitivo”, que a esquerda brasileira é, “sim”, a “cabeça de ponte” da “invasão russa ao Brasil”? Justificando o seu expurgo? Ou o catalisador seria um HC concedido a Lula pelo “corrupto” STF, causando “grave comoção social” de “cidadãos de bem” – devidamente plantados – Brasil afora? Enfim, os milicos têm um leque de opções à sua disposição.
Americanos, chineses e russos: para o bem e para o mal, o Brasil, sem sair do lugar, foi para o centro do mundo desde o último domingo. Briga de cachorro grande. Infelizmente, com prognóstico nada positivo.

Ler mais

Duplo Expresso 13/jun/2019

O antropólogo Piero Leirner, a doutora em Sociologia Thais Moya e o advogado internacionalista Romulus Maya comentam sobre: “Hackeamento, vazamento, Telegram, Omidyar, falcões, pombos, Vaza-jato, Lula, o PT, Greenwald, Moro, Deltan e outros quetais”. Auxílio, remoto (?), de Pepe Escobar.

Ler mais

Duplo Expresso 12/jun/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso desta quarta-feira, 12/06, os seguintes destaques:
– A doutora em Sociologia Thais Moya comenta: “Vaza-jato ‘para inglês ver’: considerações sobre o uso político dos vazamentos”
– O veterano do petróleo e analista político Rubem Gonzalez questiona: “Vaza-jato: O que não vai sair do CU-rador do Glenn?”
Romulus Maya e Carlos Krebs fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Para entender o rolo – viral – do dia: Telegram/ Moro/ Intercept (& Duplo Expresso)

Diante dessa armação latente, ainda antes de Globo e Sergio Moro saírem a campo nesta manhã, o Duplo Expresso mostrou o que os demais jornalistas brasileiros deveriam estar fazendo: apuração. Em vez de ficarmos girando nossos pescoços para (apenas) acompanhar – e repercutir (passivamente) – a “bola de tênis” ser passada de um lado para o outro da quadra, ora da raquete de Glenn Greenwald, ora da de Sergio Moro, num grande espetáculo, fomos diretamente ao Telegram.
O resultado?
O furo que hoje viralizou no Brasil.

Ler mais