“Porteiro”: a pegadinha, os otários (e os malandros) – D.E. 31/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O historiador Mario Maestri comenta: “Salvini, Lega, Fratelli d´Italia: avança o perigo neo-fascista real na Itália”.
(iii) A socióloga Angélica Lovatto faz uma homenagem ao cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, que morreu na madrugada do último sábado. E conclui a crítica ao quarteto hegemônico paulista com: “Teoria do autoritarismo: superação político-teórica necessária”.

Ler mais

Perspectivas do levante popular no Chile

O governo de direita de Sebastián Piñera tentou romper os enormes protestos por meio da força brutal, com o exército pinochetista nas ruas. Há mais de 25 mortos oficialmente reconhecidos, 60 pessoas que perderam os olhos, 12 mulheres estupradas pelas forças armadas, 125 desaparecidos, 6.460 presos, invasões de residências ilegais.
Leia, compartilhe, debata.

Ler mais

Argentina: o caminho? – D.E. 28/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta eleições em Argentina e Uruguai e o contexto sul-americano.
(iii) O advogado e comunicólogo Luiz Ferreira Jr. comenta, direto da Argentina, a volta por cima do kirchnerismo, nacional e popular.

Ler mais

Alcântara: Wikileaks revela sabotagem dos EUA contra o Brasil

Os telegramas da diplomacia dos EUA revelados pelo Wikileaks revelaram que a Casa Branca toma ações concretas para impedir, dificultar e sabotar o desenvolvimento tecnológico brasileiro em duas áreas estratégicas: energia nuclear e tecnologia espacial. Em ambos os casos, observa-se o papel anti-nacional da grande mídia brasileira, bem como escancara-se, também sem surpresa, a função desempenhada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
Artigo elucidativo de Beto Almeida.

Ler mais

América Latina Insurrecta Encurrala o Brasil Liberal

É um exagero dizer que a América Latina insurrecta encurrale o Brasil liberal. Mas é forte, sim, a pressão das atuais lutas populares no continente sobre o golpismo brasileiro.  Já nos últimos tempos, havia indícios de viragem dos ventos que começava a alimentar a rebeldia popular ao sul do rio Grande. A primeira lufada forte antiliberal foi a vitória, em junho de 2018, do oposicionista moderado López Obrador, nas eleições presidenciais do México.
Mais um texto de Mário Maestri, não deixe de ler.

Ler mais

BC não esconde mais: dólares fogem do Brasil! – D.E. 25/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O advogado e comunicólogo Luiz Ferreira Jr. comenta o processo de balcanização do Brasil.
(iii) O analista político popular Claudio Pacheco passa a semana em revista.
(iv) O antropólogo João de Athayde comenta: “Rede Independência de comunicação, lutanálise e enfrentamento”.

Ler mais

Nova dinâmica institucional e política da esquerda do Brasil 

Avança na esquerda cada vez mais uma forma moral (anticorrupção e de comportamento correto –  em um momento que estruturas morais são utilizadas para destruir o Estado Nacional) que deixa na mão do controle policial, na mão da direita: o fator moral determinante e se confunde cada vez mais com a mesma direita por sua desmoralização  e com fins de manter seus espaços dentro do Estado. Alternativa, resgatar uma cultura política nacional e popular pela esquerda, mais horizontal.

Ler mais

“Ocupação híbrida”: o passo da luta no quadro atual – D.E. 24/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Eduardo Jorge Vior comenta a reorientação geopolítica da Argentina na provável volta do Peronismo ao poder.
(iii) O historiador Mario Maestri comenta: “América Latina Insurrecta Encurrala Brasil Liberal”
(iv) O advogado e comunicólogo Luiz Ferreira Jr. comenta o passo da luta no quadro atual, local e global, à luz do debate com Pepe Escobar e Piero Leirner na última terça-feira e as informações sobre o “Patriot Act” tabajara levantadas no D.E. de Domingo. “Que fazer?”

Ler mais

Um levante popular no Chile

No próximo período, os levantes populares tendem a transformar-se na norma e não serem mais a exceção. Um ascenso operário começou a acontecer nos Estados Unidos desde a greve dos educadores de fevereiro de 2018. A crise capitalista se aprofunda rapidamente rumo ao maior colapso da história.

Ler mais

“Kompromat”: sexo, crime, dinheiro, chantagem – o explosivo submundo da disputa pelo PT

O termo “Kompromat” refere-se ao jargão da inteligência russa, de uso já universalizado, para denotar operações de coleta de informações comprometedoras sobre determinado indivíduo para utilização em chantagem e manipulação, tipicamente com finalidades políticas. E não seria muito diferente no relato abaixo. A diferença é que sai de cena a fria Rússia dos romances de espionagem e entra, no seu lugar, a grande São Paulo. E o calor da disputa pela Presidência do PT, maior partido de oposição no Brasil, a ser decidida em apenas quatro semanas, no congresso nacional do partido.
O relato do “kompromaPT”, e o acerto subsequente, foi apurado e checado com (i) fontes no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o caso é de amplo conhecimento; (ii) dirigente da CNB, a tendência de Lula, onde também é bastante conhecido; e (iii) fontes na Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Ler mais

Previdência: Fattorelli e Beto Almeida expõem os fatos – D.E. 23/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) Rompendo o véu do silêncio, a auditora Maria Lucia Fattorelli, coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida, relata o andamento das pautas de lesa-pátria no Congresso Nacional.
(iii) O jornalista Beto Almeida, o homem por trás do projeto da Telesur, comenta os levantes na América Latina.

Ler mais

Guerra – híbrida – global: Pepe Escobar e Piero Leirner – D.E. 22/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O economista Nildo Ouriques comenta a sublevação no Chile, mais um sintoma da crise global do capitalismo financeiro e da resposta do sistema imperial: o saque.
(iii) Na volta do antropólogo Piero Leirner ao programa, o correspondente e analista internacional Pepe Escobar chega para aclarar a conjuntura atual da grande disputa global: Deep State vs. Trump (Biden/ Ucrânia/ impeachment), a primavera de Hong Kong, a vitória de Assad — e dos russos — na Síria, o avanço da guerra híbrida no Brasil, na perspectiva de fechamento — clandestino — do regime, sublevações na América Latina. Ou seja, um — imperdível — panorama completo!

Ler mais

O fechamento do(s) regime(s) e as Américas em chamas – D.E. 21/out/2019

Destaques:
(i) Romulus Maya faz a análise da conjuntura política.
(ii) O cientista político Felipe Quintas comenta: “A Bolívia desenvolvimentista de Evo Morales e o óbvio ululante”.
(iii) Alejandro Acosta, editor da “Gazeta Revolucionária”, acompanha atentamente as movimentações no Chile — e outras convulsões no Continente –, trazendo relato diferente do que aquele visto por aí…

Ler mais