Duplo Expresso 17/ago/2018

Destaques:
– O politólogo e analista internacional Eduardo Vior fala sobre a viagem de Jim Mattis, chefe do Pentágono, ao Brasil e a Argentina.
– A Economista, doutora em Políticas Públicas e mestre em Planejamento e Desenvolvimento Econômico Ceci Juruá comenta: “2016 – Colapso institucional que abriu caminho para o golpe”– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Duplo Expresso 16/ago/2018

Destaques:
– O sociólogo, escritor e analista internacional Lejeune Mirhan comenta: “O significado do Iraque na geopolítica do Oriente Médio”
– O Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães comenta a atualidade política do Brasil e do mundo.– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Duplo Expresso 15/ago/2018

Destaques:
– O advogado e pré-candidato a Deputado Federal pelo PDT-PR Samuel Gomes comenta: “A invasão da justiça na política – Como resgatar a soberania popular”
– A arquiteta, mestra em Engenharia Civil e doutoranda em Administração de Empresas Patrícia Vauquier fala sobre: “Lições da eleição de Macron para o Brasil de 2018”
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Haddad contraria PT e adota discurso da direita sobre Venezuela. Sobre os EUA? Nada diz

Impressiona a falta de traquejo político – e até de sagacidade – daquele que almeja substituir (não outro que…) Lula (!) como o candidato do PT à Presidência da República. A quantidade de tiros no pé disparados em pouco mais de 1 semana por Fernando Haddad, o “FH” desta geração, é fabulosa. Imaginemos o que ocorreria numa campanha em plena marcha, com escalada da tensão.
Na redução que o “globalismo progressista” promove da política a uma oposição entre (pós-) “modernos” e “reacionários”, o conflito capital vs. trabalho, fundamental desde sempre no ideário de esquerda, passa a um segundo plano. Mais que isso, suprime-se o outro eixo definidor no mapeamento (geo-) político: o conflito, dentro da lógica de “império”, entre os interesses do centro e da periferia do capitalismo.
Quando perguntado sobre se a Venezuela e a Nicarágua não seriam “ditaduras”, Fernando Haddad tenta ensaiar um murismo. Acaba, contudo, entregando-se e dizendo, por exemplo, que o “regime” (sic) venezuelano, com uma “sociedade conflagrada” (sic), não seria uma democracia. Repete ainda a asneira plantada pelos EUA de que a Nicarágua viveria uma “guerra civil”. Isso quando, na realidade, tenta-se uma nova “primavera”: o pequeno país centro-americano é a bola da vez nas operações de desestabilização patrocinadas pelos EUA.

Ler mais

Duplo Expresso 14/ago/2018

Destaques:
– O especialista em Minas e Energia, PhD em Engenharia na área do petróleo, Paulo César Ribeiro Lima comenta: “Pré-sal: Regime Temer também erra. Ainda podemos reverter”
– O doutor em Economia Gustavo Galvão fala sobre: “Crise econômica da Turquia”
– Romulus Maya e Carlos Krebs fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Plano B’ola nas costas: como BTG Pactual, Eduardo Cunha e doleiro Dario Messer entram na campanha por Haddad

Mais uma vez preparamos um condensado do Programa Duplo Expresso de hoje. Nele tratamos das desastradas – e desastrosas – declarações que Fernando Haddad deu ontem à Finança, na sede do Banco BTG Pactual. Teve de correr depois à imprensa (amiga) para tentar apagar o incêndio. Mas já era tarde: a declaração de que poderia apoiar “sem preconceitos” Alckmin num segundo turno contra Bolsonaro já se espalhara pelas redes. Inclusive petistas.
Mais que isso, num gesto de gentileza “PTucana” que só a USP explica, concordou em gravar a primeira peça a ser usada como spot de TV pela campanha de Geraldo Alckmin (!): um atestado da honestidade do (suposto) “adversário” (!)
Mas há um link a mais entre os articuladores do Plano B dentro do PT e o mesmo banco BTG Pactual, devidamente explorado neste programa…

Ler mais

Duplo Expresso 10/ago/2018

destaques:
– A graduanda em Direito e apresentadora do Direito ao Ponto Maria Eduarda Freire comenta: “O Estado de Exceção que estamos vivendo no Brasil”
– O Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães comenta atualidade política do Brasil e do mundo.
– O politólogo e analista internacional Eduardo Vior fala sobre: “Filhote da Lava Jato chega а Argentina e abre caminhos para empresas dos EUA”
– A Economista, doutora em Políticas Públicas e mestre em Planejamento e Desenvolvimento Econômico Ceci Juruá comenta: “2016 – Colapso institucional que abriu caminho para o golpe”
– Wellington Calasans, Romulus Maya e Carlos Krebs fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Plano B: “(PT) sem Lula é fraude”

Condensado do Duplo Expresso de 9/ago/2018.
Bem sabemos que, na militância de redes sociais, troca-se de hashtag com a mesma frequência com que se muda a playlist de músicas no Spotify ou no Itunes. Contudo, a luta política no mundo real que se proponha a transformar a realidade não pode ser tão volúvel e inconstante. Por isso, por mais que o grupo que tomou as rédeas no PT após a rasteira – externa e interna – em Lula tente, ao menos o Duplo Expresso não abandonará o slogan e a hashtag #EleiçãoSemLulaÉfraude. Na verdade, propomos a reformulação que bem resume o Plano B: “(PT) sem Lula é fraude”.
Se preciso for, seremos mais realistas que o rei, mais papistas que o Papa e mais lulistas que o próprio Lula! Mais lulistas que Haddad et caterva certamente já somos.

Ler mais

Duplo Expresso 9/ago/2018

Destaques:
– O sociólogo, escritor e analista internacional Lejeune Mirhan comenta: “O papel do Egito na geopolítica do Mundo Árabe – Parte II”
– O Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães comenta atualidade política do Brasil e do mundo.
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Método Lava Jato: (alegada) “indicação” de Haddad por Lula é tão espontânea quanto delação premiada

O programa de hoje ficou longo. Há, como sabemos, muito a denunciar no Brasil atual. Dada a gravidade da hora, e o dever de atingirmos quantas pessoas pudermos, preparamos um condensado de uma hora e meia com o que você precisa saber sobre a farsa do “Plano B”.

Ler mais

Duplo Expresso 8/ago/2018

Destaques:
– O advogado e candidato a Deputado Federal pelo PDT/PR Samuel Gomes fala sobre a resistência contra a entrega do Pré-sal.
– O jurista Luiz Moreira comenta: “Uma agenda jurídica de desenvolvimento para o Brasil”
– A arquiteta e mestra em Engenharia Civil Patrícia Vauquier fala sobre: “O Brasil que dava certo e o golpe matou”
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Plano B: por que Ciro não é opção em 2018

Mangabeira Unger é muito mais do que um agente da CIA. É um recrutador da inteligência dos EUA. E não é um recrutador, em Harvard, apenas para a “Brazilian desk”. Não há como postular a defesa do nacionalismo – com, p.e., a retomada do Pré-sal e da Embraer – e ter Mangabeira Unger como articulador chave no núcleo duro da candidatura. Além disso, iludido pelo canto de sereia do “Centrão”, sendo ele verdadeiramente de esquerda – ou não –, Ciro queimou todas as pontes com as bases do Lulismo (e.g., “Lula não é um preso político”). Como se crer viável com essa postura com o eleitorado anti-petista já dividido em (ao menos) duas – outras – candidaturas? Com eleitores “de centro”? Se encontrarem mais de dez na quadra atual, apresentem-me, por favor…

Ler mais

Tudo o que você precisa saber sobre o descarte de Lula

O programa de hoje (integralidade aqui) ficou longo. Há, como sabemos, muito a denunciar no Brasil atual. Dada a gravidade da hora, e o dever de atingirmos quantas pessoas pudermos, preparamos um condensado de uma hora e meia com tudo o que você precisa saber sobre a farsa do “Plano B”. Para o Duplo Expresso, a hashtag #EleiçãoSemLulaÉfraude não será descartada por conveniência. Muito menos Lula, na cadeia.

Ler mais

Duplo Expresso 6/ago/2018

Destaques:
– O arquiteto e comentarista de Design e Empatia Carlos Krebs comenta: “Compreendendo os rótulos ecológicos”
– O cientista do Estado e correspondente do Duplo Expresso em Caracas fala sobre o atentado ao Presidente Nicolás Maduro na Venezuela.
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Brasil: a pior elite do mundo tem a ‘esquerda’ que pediu a Deus

Sem medo de cara feia, dada a gravidade da hora, ousamos criticar a adesão de um partido de trabalhadores à onda global de precarização do trabalho, com a criação pelo mesmo de nova modalidade de terceirização: a da greve de fome (!)
Animados pelo depoimento de uma monja nesta semana, editamos vídeo irrefutável contendo, além do mesmo, as palavras de Gleisi Hoffmann, João Pedro Stédile e de Lula. Prova, de forma definitiva, a existência de um círculo de traidores dentro do PT. No qual brilha, quase sem rival, o laranja podre do partido, José Eduardo Martins Cardozo.
Por fim, abordamos a promiscuidade entre golpistas e goleados na Corte brasiliense. Essa que desmoraliza, de forma contundente, a narrativa de que “foi Golpe”.
Mais do que isso, ao final da semana acabamos por nos perguntar se todos esses elementos – terceirização da luta; traição; e promiscuidade entre golpistas e “golpeados” – e ainda outros de igual calibre, como o caráter suprapartidário da máfia que frauda votações no Brasil, não constituem justamente aquilo que já nos permite antever o papel que essa mesma “esquerda” anseia desempenhar na grande fraude de 2018.

Ler mais

Fraude: Bolsonaro já vendeu vaga no segundo turno a Alckmin?

Hipótese: Alckmin contrataria Bolsonaro como “cavalo paraguaio” deliberado. Um candidato bomba-relógio, com detonação já programada na largada. Faria um “esquenta” galvanizando o anti-petismo durante a campanha, apenas para, nas últimas semanas, entrega-lo de bandeja para Geraldo Alckmin.
Nesse caso, três tipos de fraude (retro) alimentar-se-iam:
(1) A partir de determinado momento, Bolsonaro daria tiro no pé atrás de tiro no pé;
(2) Os institutos de pesquisa – i.e., os do esquema – calibrariam as “margens” com que trabalham para acentuar uma tal “tendência de desidratação” de Bolsonaro; e
(3) Na abertura das urnas, a infame “totalização” – secreta – revelaria, pela quinta vez consecutiva desde 2002 (!), uma “surpreendente” (sic) “disparada na reta final” do candidato do PSDB.
P.S.: Resta saber que papel o PT desempenhará nessa farsa. Resta saber se o “com STF, com TUDO” de Jucá também incluirá o partido, segundo relatos (não contestados) satisfeito com a derrota no segundo turno (também já acertada?), que seria o suficiente para garantir a sua “hegemonia na esquerda”. E na “oposição” (?)… parlamentar.

Ler mais

Promiscuidade brasiliense: PT rifará Lula para entrar no “com STF, com TUDO” do Jucá?

Resta saber que papel o PT desempenhará nessa farsa. Resta saber se o “com STF, com TUDO” de Jucá também incluirá o partido, segundo relatos (não contestados) satisfeito com a derrota no segundo turno (também já acertada?), que seria o suficiente para garantir a sua “hegemonia na esquerda”. E na “oposição” (?)… parlamentar. De onde poderia esperar, calmamente, o Golpe fazer todo o trabalho sujo de destruição da soberania nacional e de inviabilização definitiva de um projeto de desenvolvimento autônomo, com a desnacionalização completa das riquezas naturais, a consolidação da reprimarização da economia e o fim dos direitos sociais.

Ler mais

Duplo Expresso 3/ago/2018

Destaques:
– O antropólogo João de Athayde comenta: “Evidências de Demônios nas Costas Brasileiras”
– O politólogo e analista internacional Eduardo J. Vior fala sobre: “Somos alvo de uma disputa entre norte-americanos e europeus”
– A Economista, doutora em Políticas Públicas e mestre em Planejamento e Desenvolvimento Econômico Ceci Juruá comenta: “Dívida pública: quem paga a conta”
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Marília Arraes vs. Plano B (de Bancos): o PT renunciou ao lulismo? (vídeo)

O lulismo está ameaçado por um programa de governo – o programa Haddad – que: (i) prevê, tacitamente, a desnacionalização de ainda mais setores da economia, com “concessões” e “parcerias público-privadas” (apud Haddad), que, com a falência das empreiteiras nacionais, só poderão ser disputadas por estrangeiros; (ii) rege-se pela busca de mais “abertura de mercado” (apud Rui Falcão); (iii) contempla a queima das reservas internacionais para “pagamento da dívida pública” à Finança (apud Haddad) e não para investimentos produtivos (como no pré-sal) que reativassem a economia. Haddad, professor do INSPER, instituto e think tank da alta finança paulistana, diz mesmo a que veio.

Ler mais

Duplo Expresso 2/ago/2018

Destaques:
– O sociólogo, escritor e analista internacional Lejeune Mirhan comenta: “O papel do Egito na geopolítica do Mundo Árabe”
– O Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães comenta a atualidade política do Brasil e do mundo.
– Fabíola Latino Antezana, diretora do Sindicato dos Urbanitários no Distrito Federal (STIU-DF) fala sobre: “Sem recesso para a luta. Em defesa da Eletrobras”
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Vídeo-bomba: o passo a passo da traição a Lula – e ao Brasil – dentro do PT

Depoimentos de Gleisi Hoffmann, João Pedro Stedile, Monja Coen e… Luis Inácio Lula da Silva. Mais extrato do programa Duplo Expresso de 1/ago/2018.

Ler mais

Duplo Expresso 31/jul/2018

Destaques:
– A coordenadora da Associação Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lúcia Fattorelli, e o especialista em Minas e Energia, PhD em Engenharia na área do petróleo, Paulo César Ribeiro Lima comentam: “SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – quer auditoria da dívida”
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Duplo Expresso 30/jul/2018

Destaques:
– O arquiteto e comentarista de Design e Empatia Carlos Krebs comenta: “O mundo na bolha de plástico”
– O Cientista do Estado e correspondente do Duplo Expresso em Caracas, Caio Clímaco fala sobre o IV Congresso do PSUV e a Marcha Campesina.
– Wellington Calasans e Romulus Maya fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais