Lula retribui fidelidade e sai em defesa de Gleisi – D.E. avisou!

Por Romulus Maya, para o Duplo Expresso
Publicado 9/mai/2018 – 19:44
Atualizado 9/mai/2018 – 22:35

  • Hoje vem o próprio Lula, em carta endereçada a Gleisi, defende-la dos ataques perpetrados pelos articuladores do “Plano B”. Ao reafirmar expressamente a sua candidatura pela boca da Senadora – i.e., mais uma vez – o Presidente prestigia a mesma, ratificando, para além de qualquer dúvida, a sua condição de única porta-voz e representante daquele que foi sequestrado pelo Golpe.
  • Para nossa surpresa, contudo, somos obrigados a registrar como fonte da nova carta de Lula a Gleisi a mais notória “agro-jornalista” – aquela que vive de plantar “notinhas” – em atividade no PIG, o Partido da Imprensa Golpista: Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Ora, trata-se da a plataforma preferencial para o lançamento dos seguidos balões de ensaio que tentam fazer o (pobre do) “Plano B” acontecer!
  • Oremos para que tenha sido tão somente um pequeno lapso, a ser tributado, quem sabe, aos tantos anos de convivência entre o sapo – o PT – e o escorpião – o PIG.
  • ATUALIZAÇÃO – “quem não chora não mama”: depois da cobrança do Duplo Expresso aqui neste artigo, a carta foi finalmente (re-!)publicada no perfil oficial de Lula no Facebook. Confira abaixo.

*

O Duplo Expresso, onde “a verdade chega primeiro”, bem que avisou. Vejam se não:

  • 24 de abril:

 

  • Os inimigos de Lula sabem que enquanto ele puder contar com a fidelidade da Senadora – e esta se mantiver numa posição de força dentro do PT – menores serão as chances de que as sucessivas tentativas de extorsão – agora já mediante sequestro (de Lula) – tenham êxito. Os ataques de que Gleisi é objeto visam a pressioná-la fora – e dentro – do PT. Flagelar o seu moral. Tudo isso para que, finalmente, sucumba e suplique ao Pai que afaste dela o cálice: a manutenção da candidatura de Lula – “até as últimas consequências” (apud Gleisi Hoffmann).
  • Atualização: resumo audiovisual e mais sobre “agro-jornalismo” e a carteirinha da OAB de Fernando “B” Haddad. Tudo isso no final do artigo.

*

  • 28 de abril:

 

  • Comentários sobre a tentativa de afastar Lula de lideranças, amigos e correligionários passa por mais um consenso fabricado. Desta vez, isso ocorre contra o exercício da livre advocacia.
  • Atenção: não há que se confundir eventual “vedação” (sic) à Senadora Gleisi Hoffmann utilizar a procuração outorgada por Lula para defendê-lo na ação penal do triplex – “vedação” grafada deliberadamente entre aspas, posto que no mínimo “controversa” – com a bizarra (aqui, sim, sem aspas) PROIBIÇÃO INAUDITA ALTERA PARTE EX OFFICIO de a Senadora ser constituída advogada do Presidente Lula para qualquer (outro!) fim. É sofisma atrás de sofisma.
  • Senadora Gleisi Hoffmann, não se deixe enganar por “interpretações” (sic) veiculadas na mídia engajada. Ou, no caso, até mesmo por conselheiros “jurídicos” (?) “de casa” (?). Aliás, seriam esses os mesmos “bons conselheiros” que afirmaram, no Sindicado em São Bernardo, que “em prisão preventiva não cabe habeas corpus por 81 dias”?! Hmmm… de fato “bons conselheiros”… mas para quem?

*

  • 3 de maio:

Resumo da ópera:
– Gleisi Hoffmann sai desta semana fortalecida dentro do PT. E, por tabela, sai também fortalecido aquele a quem ela tem dado sustentação na disputa que se trava dentro da sigla: o Presidente Lula. Ainda por tabela, sai também fortalecida a resistência democrática, que tem na candidatura de Lula – “até as últimas consequências” (apud Gleisi Hoffmann) – as suas melhores chances de sucesso contra o Golpe.
– No verso da moeda, saem enfraquecidos os articuladores do “Plano B”. Com “B” de “B’ola nas costas” e de “B’astardo do golpe.
– Não fosse o ex-Ministro de confissão judaica, poder-se-ia dizer que Jacques Wagner, que acompanhava Gleisi, “beijou a Cruz”.

*

  • 9 de maio:

  • O fato de Gleisi e a base terem fechado questão em torno da candidatura de Lula forçou os apoiadores do “Plano B” – na política e na “GloBosfera” – a saírem do armário. É evidente que todos, por conveniência político-eleitoral, queriam poder seguir dizendo, ad eternum, que “lutaram” pela candidatura de Lula, mas… “não deu”. Acreditavam que seria fácil dobrar o Presidente com a prisão.
  • Na verdade, o apoio a Lula em vez de arrefecer só faz é crescer. Com isso, o binômio Gleisi-Lula segue tendo em suas mãos a última cartada para tentarmos derrotar o Golpe nesta geração política: colocar em xeque o projeto de eleições fraudulentas – em que o Golpe deseja escalar os times… hmmm… “adversários” (aspas!), à direita e à “esquerda” (novas aspas!).
  • Paradoxalmente, quanto mais os partidários do “Plano B” veem-se forçados a expor – já agora, mais de 3 meses antes do registro das candidaturas – a sabotagem que vinham fazendo (até aqui insidiosamente) a Lula, mais dependentes ficam do “dedazo” do ex-Presidente para levarem a indicação do PT. Isso porque mais se queimam com as bases fieis a Lula. Que ironia!

*

Pois hoje vem o próprio Lula, em carta endereçada a Gleisi, defende-la dos ataques perpetrados pelos articuladores do “Plano B”. Ao reafirmar expressamente a sua candidatura pela boca da Senadora – i.e., mais uma vez – o Presidente prestigia a mesma, ratificando, para além de qualquer dúvida, a sua condição de única porta-voz e representante daquele que foi sequestrado pelo Golpe:

Querida Gleisi, estou acompanhando na imprensa o debate da minha candidatura, ou Plano B ou apoiar outro candidato. Sei o quanto você está sendo atacada. Por isso resolvi dar uma declaração sobre o assunto.

Quem quer que eu não seja candidato eu sei, inclusive, as razões políticas, pois são concorrentes. Outros acham que fui condenado em 2ª instância, então sou culpado e estou no limbo da Lei da Ficha Suja.

Procuradores, juiz, TRF-4 sabem que sou inocente. Os meus advogados sabem que eu sou inocente. A maioria do povo sabe que eu sou inocente.

Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir.

O povo merece respeito. O povo tem que ter seus direitos e uma vida digna. Por isso queremos uma sociedade sem privilégios para ninguém, mas com direitos para todos.

*

OBS: Lula diz: “os meus advogados sabem que eu sou inocente”. Curiosa tal afirmação, não é mesmo? Será que o Presidente se refere a advogados em sentido lato? Abarcando, talvez, o tal “PT judicial” (apud Luiz Moreira)? Aquele que o induziu a erro em São Bernardo? Aquele que recomendou que o Presidente abandonasse a sua candidatura, prometendo (falsamente), pela milésima vez, facilidades no STF?

Pois passemos do engodo à (dura) realidade:

*

Parece que o Presidente está finalmente ficando imune ao canto da sereia… alvíssaras!

*

O PROBLEMA DA FONTE

Para nossa surpresa, contudo, somos obrigados a registrar como fonte da nova carta de Lula a Gleisi a mais notória “agro-jornalista” – aquela que vive de plantar “notinhas” – em atividade no PIG, o Partido da Imprensa Golpista: Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

 

(Muito) ironicamente, como bem sabem os leitores do Duplo Expresso, Bergamo é a plataforma preferencial para o lançamento dos seguidos balões de ensaio que tentam fazer o (pobre do) “Plano B” acontecer. É, portanto, curioso que Bergamo tenha sido escolhida – no lugar das redes sociais oficiais do Partido dos Trabalhadores (!) – para tal divulgação.

Oremos para que tenha sido tão somente um pequeno lapso, a ser tributado, quem sabe, aos tantos anos de convivência entre o sapo – o PT – e o escorpião – o PIG.

Afinal, desnecessário explicar que a credibilidade que Gleisi/ Lula emprestam a Bergamo/ Folha hoje será, mais tarde, utilizada contra…

– … Gleisi/ Lula!

Certo?

*

No entanto, por conta desse lapso, passemos à divulgação aqui no DuplEx – malgrado a nossa vontade – de “agro-jornalismo” golpista:

Lula defende Gleisi Hoffmann e reafirma que é candidato
9.mai.2018 às 17h27
Mônica Bergamo
SÃO PAULO

O ex-presidente Lula saiu em defesa da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e reafirmou que é candidato a presidente da República.

Numa carta pessoal enviada a ela, o petista desautoriza qualquer especulação de que poderia abrir mão da disputa para apoiar algum outro candidato, ou mesmo um nome do PT,  o  famoso” plano B”.

“Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir.”

Os rumores de que o PT poderia descartar a candidatura de Lula, até mesmo com a concordância dele, cresceram na semana passada, depois que o ex-governador da Bahia Jaques Wagner afirmou que o partido poderia indicar um vice na chapa de Ciro Gomes.

Gleisi reagiu afirmando que Ciro não passa no partido “nem com reza brava”. Já o pedetista disse ter “pena” dela.

“Querida Gleisi, estou acompanhando na imprensa o debate da minha candidatura, ou Plano B ou apoiar outro candidato”, inicia Lula. “Sei o quanto você está sendo atacada. Por isso resolvi dar uma declaração sobre o assunto.”

Lula diz que “quem quer que eu não seja candidato eu sei, inclusive, as razões políticas, pois são concorrentes. Outros acham que fui condenado em 2ª instância, então sou culpado e estou no limbo da Lei da Ficha Suja”.

O petista diz ainda que seus acusadores “sabem que sou inocente”, citando “procuradores, juiz, TRF-4  [Tribunal Regional Federal da 4ª Região]”.

“Os meus advogados sabem que eu sou inocente. A maioria do povo sabe que eu sou inocente”, escreve o ex-presidente, reafirmando a candidatura.

“O povo merece respeito. O povo tem que ter seus direitos e uma vida digna. Por isso queremos uma sociedade sem privilégios para ninguém, mas com direitos para todos”, finaliza Lula.

*

*

*

COMPARTILHE:

 

 

*

*

*

ATUALIZAÇÃO 22:35 “quem não chora não mama”

Depois da cobrança do Duplo Expresso aqui neste artigo, a carta foi finalmente (re-!)publicada no perfil oficial de Lula no Facebook:

*

*

*

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.