Lula sabia de tudo! Quem interrompeu aquele projeto?

Por Wellington Calasans, para o Duplo Expresso

Uma reportagem que fiz em 2009 na Cúpula União Europeia Brasil, realizada em Estocolmo – Suécia, chama a atenção pela consciência que o então presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, revelou ter sobre asilo numa Embaixada e os riscos de pirataria do nosso petróleo. É um vídeo que diz muito sobre os dias de hoje.

Diante da inquestionável necessidade de trazer aquela fala para a atual situação em que está o ex-presidente, proponho aqui, através de perguntas, trocar impressões com o nosso público e tentar compreender o que houve. O ideal seria perguntar diretamente ao ex-presidente Lula, nessa época, faltando um ano para terminar seu segundo mandato, sobre o que ele já sabia nessa época em relação aos “Piratas do Pré –sal” (nome que ele supostamente dá a países que estariam interessados em nos tirar essa riqueza, ele fala em tom de brincadeira)?

Perguntaria também se o ex-presidente chegou a subestimar a grandeza dessa descoberta? Ou se teria agido diferente com as possíveis informações que ele, supostamente, tinha na época?

Observe no vídeo o que Lula fala ao então Primeiro-Ministro sueco, Fredrik Reinfeldt (Partido Moderado, de direita) sobre a Embaixada Cubana no Chile e sobre Manuel Zelaya (que passou quatro meses na embaixada do Brasil em Honduras). Sabendo de tudo aquilo, o que (ou quem) convenceu Lula de que com ele seria diferente? Hoje todos sabem que o destino de Lula, para evitar a prisão sem crime, deveria ter sido uma embaixada para poder ter voz e denunciar “os piratas do petróleo” para todo o mundo.

Em 2009 ainda faltava uma conversa pré-BRICS? Índia e China?

Lula afirmou: “Temos que tomar conta do nosso pré-sal,” “tem muito pirata querendo tomar o nosso pré-sal”. Quem seriam esses piratas? Quem fez o Brasil abrir mão de tudo isso?

Lula em 2009 já estava no final do segundo mandato, no auge de sua popularidade. Se deixou levar pela vaidade? Foi traído?

E sobre o investimento na Defesa Nacional, sobretudo no programa nuclear e na aquisição dos caças, por que esse ódio do Exército contra Lula? O que levou Dilma Rousseff a nomear o General Villas Boas ao comando do Exército? Coincidência ele ter sido um dos artífices da queda da própria Dilma (assim como no exemplo de Pinochet que também foi indicado por Allende, deposto no golpe)?

O que está escondido na questão dos caças? No vídeo, Lula deixa claro que sequer tinha a proposta da Suécia e dos Estados Unidos, apenas da França.

O que mudou com a chegada de Dilma em relação ao pré-sal e Amazônia? Todos já sabemos como acabou essa história, mas perguntar não ofende. Vamos ao debate?

 

“Recordar é viver!”

‘Le Monde’ elege Lula o ‘Homem do Ano” de 2009  |  Reportagem BBC Brasil

Lula com elevadíssima popularidade:

Acima das expectativas, Lula encerra mandato com melhor avaliação da história  |  Reportagem DataFolha Instituto de Pesquisa

Assista ao vídeo e comente:

No YouTube:

 

No Facebook:

Por Wellington Calasans, para o Duplo ExpressoLula sabia de tudo! Quem interrompeu aquele projeto?Em outubro de 2009 eu cobri a Cúpula União Europeia – Brasil como produtor para a Record News e como jornalista para o Jornal Atarde da Bahia. Lula esteve presente e na conferência de imprensa eu estava na primeira fila.Acompanhei atentamente cada palavra de Lula e todos os passos dele naquela visita. Impressiona as coisas que foram ditas pelo então Presidente do Brasil naquela oportunidade.Observe que todos os aspectos da guerra híbrida foram mencionados por Lula na sua fala à imprensa.Depois que Lula saiu do poder… o resto você já sabe."Recordar é viver!"

Slået op af Duplo Expresso i Fredag den 11. januar 2019

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments

Wellington Calasans

Jornalista, Radialista, Ativista Político, Sonha com um Brasil parecido com a Suécia e uma Suécia com o sol do Brasil, o sonho é livre.