Dux Neglecta, Ignarus (Re)Dux

Por Geuvar Oliveira, para o Duplo Expresso:

O partido com maior representação política no Brasil tinha a possibilidade de lutar contra um regime golpista draconiano fazendo uso de seu grande líder. Cortariam pela raiz o mal que ameaça perpertuar-se no poder, drenando nossos recursos, soberania e riquezas. Entretanto, ao invés disso, decidiram que bom mesmo, seria nem lutar.

Determinaram que, para lutar com a besta, bastaria um gatinh…, digo, um “drogão” fantasiado.

Para isso, não bastava ignorar seu líder. Tiveram que ajudar o regime a acuá-lo, condená-lo, prendê-lo. Retiraram sua palavra e seu alento. Transformaram-no por quase meio ano em um bicho. Por fim, cravam-lhe a lança e vão fazer ciranda até as eleições. E depois, também.

E os trabalhadores que assistem a isso? Bem, verão que no final desta lenda tupiniquim de São Jorge, não será mais apenas Lula a fera amordaçada e abatida. Seremos todos nós.

Saudações desde a Capadócia!

 

 

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments