Expresso da Meia-Noite: Caderno Semanal

Por Ricardo Guerra

Caros Expressonautas,

A 20° edição do nosso Caderno Semanal (período de 03 a 09.09 de 2020) está liberada. Sejam muito bem vindos.

Em mais um sete de Setembro sem ter o que comemorar, a violência simbólica de ver Jair Bolsonaro apresentar-se como patriota, enquanto faz patéticas juras de amor aos Estados Unidos, é de dar asco. Com o País sob o comando de um (des)governo, vassalo dos interesses imperialistas, e, cada vez mais, dependente, a destruição da nossa soberania escancara o “complexo de vira-latas” da nossa elite, que optou colocar no poder um verdadeiro “Narciso às avessas”, conforme as sábias palavras de Nelson Rodrigues.

“Estamos sendo guiados por um Jim  Jones, dando suco de uva envenenado aos crentes? Ou pelo flautista de Hamelin, nos levando ao precipício?” perguntou o ex-Senador Requião. “Tá difícil ver o futuro que essa elite entreguista traçou para nós… Retrato em sépia do nosso país. Fomos lentamente sendo cooptados pela cultura estadunidense… o Brasil precisa se libertar de verdade!… todos precisam participar… o D.E. está fazendo isso. É uma luz nessa escuridão” comentaram os Expressonautas.

Dentre os demais debates, compartilhamentos e comentários estabelecidos no grupo do Duplo Expresso no Telegram, ao longo desta semana, destacaram-se:

“Os únicos afetados por essa reforma serão os servidores ‘pobres’…  mas os altos salários de parlamentares, juízes e militares estarão protegidos… sim, somos nós que temos que mudar isso   tudo… pressionar contra a imunidade e esses privilégios”, assim reagiram os Expressonautas.

  • O falso discurso da pujança neoliberal, desmascarado pela realidade apresentada no Brasil pós-reformas, indica que desemprego está em alta e as contas públicas com um rombo de quase 900 bilhões, após a instituição do teto de gastos. A reforma da previdência surtiu efeito contrário e a previdência amarga um déficit de 318 bilhões de reais. “O quadrunvirato que manda em tudo (jurídico, militar, financeiro, midiático) e seus asseclas na política, vão dando o seu recado… a ditadura neoliberal… a boiada tá passando… reforma trabalhista, previdenciária e agora essa administrativa, aí… “Deep state” Tabajara… tudo dominado em favor do entreguismo e da retirada dos direitos do povo… a Embraer acabou de anunciar que vai demitir 2.500 funcionários em plena Pandemia… e a imprensa dita ‘séria’ defendendo isso tudo”. 
  • Bolsonaro e Guedes usarão o efeito do coronavírus como desculpa para esconder o fracasso das reformas e o processo de uberização da economia. A realidade é estarrecedora. Os Expressonautas compararam a atual condição dos trabalhadores com a escravidão e fizeram a ressalva de que os escravos eram alimentados, abrigados e tinham tempo para se recuperar de acidentes.  “Hoje o ‘cidadão’ paga pelo alimento, pelo teto, pelo remédio e ainda paga impostos… o trabalhador ‘uberizado’ é uma espécie de ‘commodity’ descartável e facilmente substituível. Basta sacar outro, do exército de reserva cada vez maior”, comentou-se sobre esta lamentável situação.
  • Enquanto isso, o Congresso Nacional pode anular dívidas tributárias de igrejas no valor de quase R$ 1 bilhão. O texto aguarda a sanção ou veto do presidente Jair Bolsonaro, que tem na bancada evangélica um importante pilar de sustentação política de seu governo.
  • O economista Luiz Gonzaga Belluzzo questionou o absurdo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) “estar apoiando o governo Bolsonaro desde sempre, apesar do desemprego sob seu comando ter atingido patamares negativos assustadores”. O próprio economista respondeu: eles se agarram ao que mais se aproxima da ideologia deles”. Com a tal carteira “verde e amarela” retomaremos ao regime anterior à revolução industrial, afirmou. “Belluzzo está otimista. Estamos ‘evoluindo’… ciclo da cana de açúcar, ciclo do café e … ciclo do farelo de soja… enquanto estiverem ganhando dinheiro no mercado financeiro, não estarão nem aí com a indústria” repercutiram os Expressonautas.
  • Um vídeo compartilhado por um Expressonauta que tem um Canal no Youtube, levantou a seguinte questão: “a luta armada e a criação de guerrilhas é essencial para solucionar os problemas do Brasil ou é uma ação extrema?”. Os Expressonautas reagiram lembrando que a guerra que precisa ser travada é comunicacional. “As instituições não funcionam, nem vão funcionar… os ‘representantes’ do povo servem à finança… mas não existe ideia, possibilidade, de uso de força… no entanto, pode-se ter um blog, um twitter, um canal no Telegram, dominar segurança de redes…   muitos são capazes de fazer isso… ainda dá tempo… assim, pode ser possível… o Brasil precisa se libertar da Dossiecracia, da teia emaranhada dos rabos presos”, concluíram.
  • Ainda repercutindo a pergunta anterior, lembrou-se que o compromisso e a missão do Duplo Expresso é levar informação qualificada e isenta as pessoas, visando a conscientização sobre a realidade do País. “Ao contrário do pessoal do ‘piguinho vermelho‘, que deixa pegadas de Curupira para iludir seu público… o Duplo Expresso prioriza a verdade e defende a causa do trabalhador e os interesses do Brasil… sinto ânsia… vontade chorar, vendo as manobras do rentismo… e o nosso povo sangrando… carregando caixas nas costas… enquanto um miliciano no poder vai deixando a Pandemia dizimar a população…  a tarefa do D.E. é criar e unificar uma vanguarda com um projeto claro para o desenvolvimento independente e a soberania do Brasil”,  foram os comentários.
  • Os trabalhadores dos Correios continuam a luta contra a privatização da empresa, por seus empregos e também pela Soberania do Brasil. A situação atual do movimento e as dificuldades adicionais colocadas por uma greve em plena pandemia precisam ser de conhecimento de todos os brasileiros, destacaram os Expressonautas. “Defender os servidores dos Correios é defender os interesses do País… a Greve dos Correios a ‘ex-querda’, não apoia, mas quando há uma falsa manifestação organizada pelos generais e seus infiltrados, como em junho, aí eles vão… inacreditável! Esquerda bombom, cirandeira… BURRA! REATIVA! Todo apoio aos Ecetistas”.
  • O Brasil ultrapassou 125 mil mortes por covid-19 e as pessoas continuam a receber informações politicamente manipuladas e distorcidas pelo governo. Sem qualquer plano de enfrentamento ao coronavírus, o País tem uma das piores taxas de mortalidade pela doença no mundo e é um dos que menos realiza testes. “Assim, sem governo, os brasileiros vão entregando suas vidas nas mãos de Deus”, declarou um Expressonauta.
  • E o governador de São Paulo confirmou o retorno às aulas presenciais, contrariando as informações quanto ao fracasso desse tipo de experiência em outros países e o risco de aumento da contaminação não apenas para os alunos. Outros estados brasileiros pretendem seguir esse mesmo caminho, mas, de acordo com pesquisa realizada pelo Ibope, no Brasil 72% dos pais preferem que as aulas presenciais só ocorram quando estiver disponível uma vacina contra a doença. “Genocídio… só sendo um plano para matar… reabrir as escolas, é como abrir as portas de um matadouro”, comentou-se no grupo.
  • O Médico criador do “Kit Covid” (com hidroxicloroquina para o tratamento da doença) morreu em decorrência da contaminação por coronavírus. No entanto, numa aparente manobra para ajudar o governo a desovar o seu estoque do medicamento (encalhado), a Unimed e outras operadoras de saúde oferecem a distribuição de um “kit” com remédios – entre estes a cloroquina – sem eficácia comprovada, contrariando as orientações e recomendações das instituições sanitárias e médicas. “Uma vergonha… empresas de saúde fechadas com o projeto de genocídio de Bolsonaro/Guedes e generais”.
  • O discurso proferido pelo Ex-presidente Lula – no dia da Independência do Brasil – foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e na mídia corporativa e provocou interessantes comentários e reações no grupo D.E. no Telegram. Muitos destacaram a importância de Lula ter abordado temas essenciais que a esquerda não vinha trazendo ultimamente para o debate, como a destruição da Soberania Nacional e a relação dos militares com os interesses imperialistas norte-americanos, onde Bolsonaro figura como títere, em todo esse processo de desmonte do Brasil. Outros ficaram preocupados, vários, inclusive, surpresos, com a fé incondicional que o Ex-Presidente  deposita nas eleições e na força do voto como elemento de transformação social, em um cenário de tão agressivo ataque imperialista, como o que está acontecendo neste momento no País. 
  • Mas o que o Expressonauta quer saber mesmo, é se, ao  apresentar-se como um conciliador e como uma alternativa para a burguesia nacional, propondo um “pacto social” pelo Brasil,  Lula (o mais importante político vivo da história do País) reassumirá a postura de Estadista e reivindicará a Soberania Nacional como a única possibilidade de se melhorar o bem-estar do povo e de se promover o desenvolvimento das políticas sociais necessárias para a população?
  • Se, assim for, Lula necessariamente precisará cobrar a responsabilidade, e também a participação, das Forças Armadas e de setores das elites, que foram beneficiados, mas que também contribuíram para o crescimento econômico experimentado no seu governo, e a divulgação dos documentos originais da Odebrecht na Suíça é de fundamental importância nesse contexto. O Expressonauta sabe que essa divulgação será o passaporte para Lula desmontar o aparato que dá sustentação a intervenção imperialista no Brasil, e, mesmo aqueles mais esperançosos, se apresentam cautelosos e aguardam os próximos passos do Ex-Presidente e as necessárias ações mais contundentes que ele precisa tomar. Afinal de contas, alerta Romulus Maya, só dossiê anula dossiê.

E a presente edição finaliza com palavras de esperança e a expressão do otimismo realista dos Expressonautas: “Está tudo dominado, mas o D.E. tem se mostrado capaz de revelar os mecanismos ocultos da guerra híbrida… e está tentando colocar a esquerda de volta no jogo… para resgatar as rédeas do destino do Brasil… conforme disse Pastor Ariovaldo, não é a escuridão que avança, é a luz que momentaneamente recua… a nossa luta é árdua, mas não podemos desistir”.

Um forte abraço e até a próxima edição!

___________________________

Canal do DE no Telegram: https://t.me/duploexpresso

Grupo de discussão no Telegram: https://t.me/grupoduploexpresso

Canal Duplo Expresso no YouTube: https://www.youtube.com/DuploExpresso

Romulus Maya no Twitter: https://twitter.com/romulusmaya

Duplo Expresso no Twitter: https://twitter.com/duploexpresso

Romulus Maya no Facebook: https://www.facebook.com/romulus.maya

Duplo Expresso no Facebook: https://www.facebook.com/duploexpresso/

Romulus Maya no Linkedin: https://www.linkedin.com/in/romulo-brillo-02b91058/

Romulus Maya no Mastodon: https://mastodon.social/@romulusmaya

Grupo da Página do DE no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1660530967346561/

Romulus Maya no Instagram: https://www.instagram.com/romulusmaya/

Romulus Maya no VK: https://vk.com/id450682799

Duplo Expresso no Twitch: https://www.twitch.tv/duploexpresso

Áudios do programa no Soundcloud: https://soundcloud.com/duploexpresso

Áudios no Spotify:

https://open.spotify.com/show/5b0tFixIMV0k4hYoY1jdXi?si=xcruagWnRcKEwuf04e1i0g

Áudios na Rádio Expressa: https://t.me/radioexpressa

Link para doação pelo Patreon: https://www.patreon.com/duploexpresso

Link para doação pela Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/643347

Facebook Comments