LutAnálise

Esse foi poema concreto apresentado por João de Athayde no Duplo Expresso do dia 22/mar/2019:

 

Por João de Athayde*, para o Duplo Expresso:

 

Se Alme para a luta!

Reflita

entenda

defenda:

é a

Lutanálise

Se ligue

desligue

conecta:

Lutanálise

Reflita

sistema

prepara-te:

Lutanálise

A força

se veia

se arma

se alma

e levanta:

Lutanálise

Faça você também a sua.

 

 

 

• • •

Bônus: Dois Hai-Kais [JA1]

 

 


* João de Athayde é antropólogo carioca residente na França (Aix en Provence). É doutor na Universidade de Aix-Marselha, França, vinculado ao IMAF (Institut des Mondes Africains/ Instituto dos Mundos Africanos) com pesquisa sobre as heranças culturais ligadas ao tráfico de escravos no contexto do Atlântico Negro, em especial sobre identidade, religião e festa popular entre os Agudàs, descendentes dos escravos retornados do Brasil ao Benim e Togo, numa perspectiva comparativa entre a África e o Nordeste Brasileiro. Ele participa e comenta no Duplo Expresso às sextas-feiras.

 

JA1Hai-Kai ou Haiku é o pequeno poema japonês, de forma fixa, constituído por dezessete sílabas distribuídas em três versos (5-7-5), sem rima. Mas aqui João de Athayde permite-se a liberdade de não se ater à métrica, adaptando a forma numa espécie de “Hai-Kai tropical”.

 

 

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments