Mais uma Observação sobre a MP 838/2018

O especialista em Minas e Energia, PhD em Engenharia na área do petróleo, Paulo César Ribeiro Lima faz mais uma breve observação sobre a Medida Provisória 838/2018. Ele toma por base uma uma nota divulgada na mídia corporativa sobre a política de subvenção dos preços do diesel no país.

Por Paulo César Ribeiro Lima, para o Duplo Expresso:

Isso não faz o menor sentido!

Só no Brasil mesmo…

Nota publicada pelo Valor Econômico em 19 set 2018

Convertendo o preço do diesel no mercado internacional para Reais, ele oscila na casa de R$ 2,30 por litro. As distribuidoras pagam à Petrobras e aos importadores esse valor. No entanto, eles recebem adicionalmente uma subvenção de R$ 0,30 por litro. Dessa forma, a Petrobras e importadores recebem, na verdade, R$ 2,60 por litro. Portanto, um valor acima do preço do mercado internacional.

A Petrobras deveria receber, no máximo, R$ 2,30, mas ela recebe R$ 2,60 por um produto cujo custo de produção é inferior a R$ 1,00 por litro. A empresa estatal deve dar um lucro operacional bruto em 2018 superior a R$ 100 bilhões. Estima-se que o povo brasileiro vá pagar R$ 9,5 bilhões de subvenção ao diesel para aumentar os lucros da Petrobras, importadores e… acionistas. Só no mês de agosto, a Petrobras deve receber R$ 871 milhões de subvenção paga pelos miseráveis brasileiros.

Pobre rico País…

• • • • •

Paulo César Ribeiro Lima é PhD em Engenharia Mecânica pela Cranfield University (1999), ex-consultor legislativo do Senado Federal e ex-consultor legislativo da Câmara dos Deputados. É comentarista do Duplo Expresso sobre Minas e Energia às segundas-feiras.

 

 

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments