Haddad, nu, leva Lula à forca: “problema é jurídico. Não político. Sou advogado” (!)

Por Romulus Maya, para o Duplo Expresso

O Duplo Expresso acabou de registrar uma importante vitória nesta semana: o constrangimento e as cobranças gerados por artigo anterior trazendo pesadas críticas e questionamentos sobre a atuação dos advogados de defesa de Lula fez com que esses plantassem notinha na Folha de S. Paulo dando conta de que “consideravam” desistir de recurso – desastrado – que permitiria que o STF declarasse o ex-Presidente inelegível já na semana que vem. Para além de plantar notinha, esperamos que isso já tenha sido feito. Ainda mais com a possibilidade de tal medida requerer a outorga de procuração específica de Lula.

Já já teremos a resposta. Mas, caso o STF logre, ao fim e ao cabo, declarar a inelegibilidade de Lula já nos próximos dias numa “questão prejudicial”, aproveitando-se da barbeiragem da defesa abrindo tal possibilidade, as dúvidas sobre a atuação da mesma serão elevadas ao quadrado.

*

Mudando de assunto…

(mas, na verdade, não!)

Na frente – que deveria ser – política, ontem tanto Gleisi Hoffmann, até outro dia contrária ao Plano B, como o próprio, Fernando Haddad, visitaram Lula. O vídeo que gravaram logo na sequência (mais adiante), falando diretamente à militância no Acampamento Marisa Letícia, é extremamente revelador. Dois elementos são de especial relevância analítica.

O primeiro é a dificuldade que a cúpula do PT terá para vender às bases o Plano B. Pronunciando-se em nota – escrita – apenas dois dias antes, Gleisi mostrara – de forma cristalina – que já estaria aberta, sim, ao Plano B. Fez isso quando, diante da revolta das bases, tentava defender os termos do acordo (ruim) que a direção do PT fechou com o PSB:

É uma estratégia nacional resgatar aliança com o PSB, um partido em disputa. No Nordeste e Norte apoiarão Lula…

ou quem Lula Indicar

 

Pois eis que, diante do coro da militância acampada em Curitiba, que em recado claro gritava “não tem Plano B/ no primeiro turno/ é Lula do PT”, Gleisi volta atrás.

E responde:

“Não tem Plano B; é Lula; nós vamos levar até as últimas consequências”.

 

Pois é…

Uma coisa é escrever nota. Em gabinete. Outra coisa é se dirigir, olho no olho, às bases. Mais que isso, ter de ouvir a resposta das mesmas.

O constrangimento é ainda maior ao vermos que, ao seu lado durante essa fala (ao som desse coro), está o próprio Plano B preferencial: Fernando Haddad. Certamente a militância, que não é idiota, dirigia-se também aos ouvidos do ex-Prefeito de São Paulo.

Mostrando toda a sua inabilidade política (e até ausência de sagacidade), Haddad deixa escapar, em poucas palavras, a estratégia – até aqui muito bem-sucedida – daqueles que, junto com o Golpe (i.e., a sua facção mais ostensiva), tramaram a degola de Lula de dentro do PT:

– O tal “PT jurídico” (apud Prof. Luiz Moreira).

Aquele de José Eduardo Cardozo e… C.I.A.

Pois eis Haddad, e o PT jurídico, tirando a própria roupa – e mostrando as vergonhas – em público ontem:

O problema desta eleição não é político, porque o povo já sabe o que quer. Em todas as pesquisas de opinião, quando Lula não ganha no primeiro turno, ganha em qualquer cenário de segundo turno. Então qual é o problema? Não é político. O problema é jurídico. E por isso que nós toda hora estamos vindo aqui. Emídio (de Souza) é advogado, eu sou advogado, Gleisi é advogada, (Luiz Eduardo) Greenhalgh é advogado, Doutor (Luiz Fernando Casagrande) Pereira, que está aqui conosco, é especialista em direito eleitoral. Todo mundo sabendo que o lado de lá tá querendo impedir o registro da candidatura Lula. E o lado de cá está se valendo da Lei e da jurisprudência. Ou seja, do entendimento dos tribunais até aqui, para garantir a candidatura do Lula”.

*

Agora vai…

(pra forca!)

*

*

*

 P.S.: no Peru o pessoal já entendeu…


*

*

*

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.