Interbau ’57 – “A Cidade do Amanhã”

Por Carlos Krebs, para o Duplo Expresso:

Uma breve história com um exemplar brasileiro naquilo que os alemães ocidentais da época imaginaram como “die Stadt von Morgen” (A Cidade do Amanhã). Uma resposta que fazia uso da arquitetura como elemento de propaganda ideológica durante o processo de reconstrução física de uma parte da West Berlin, e de reconstrução do valor imagético dos alemães.

Quem quiser saber um pouco mais sobre a disputa travada entre as Berlins Socialista (oriental) e Capitalista (ocidental), recomendo o livro “Av. Karl Marx e Interbau 1957 – Confrontação, Competição e co-Evolução do Modernismo em Berlim”(contribuições para a preservação de monumentos em Berlim, volume 47), do Prof. Dr. Jörg Haspel e Thomas Flierl, lançado em janeiro de 2018.

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments