A Turim de Nietzsche e Gramsci e o Brasil atual

Da Redação do Duplo Expresso,

Na segunda parte do tour na cidade italiana de Turim, o antropólogo João de Athayde, comentarista do Duplo Expresso, faz um interessante paralelo entre Nietzsche, Gramsci e a atualidade brasileira. O que este recorte histórico tem a nos ensinar nos dias de hoje?

Com imagens lindíssimas desta cidade histórica e a didática explicação de Athayde, conheça alguns elementos do passado e o pensamento de personagens importantes na construção do pensamento dos cidadãos de todas as épocas para a formação de uma sociedade saudável. Confira o vídeo!

 

– João de Athayde é antropólogo, carioca residente na França (Aix en Provence). Ligado ao IMAF (Institut des Mondes Africains/ Instituto dos Mundos Africanos). Universidade de Aix-Marselha, França. Realiza doutorado sobre as heranças culturais ligadas ao tráfico de escravos no contexto do Atlântico Negro, em especial sobre identidade, religião e festa popular entre os Agudàs, descendentes dos escravos retornados do Brasil ao Benim e Togo, numa perspectiva comparativa entre a África e o Nordeste Brasileiro.

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments