Miguel do Rosário narra como foi “O dia em que invadi o TRF4 (para ler Cesare Beccaria)”

Por Wellington Calasans, para o Duplo Expresso

Publico aqui um texto carregado de emoção e esperança do parceiro do blog O Cafezinho, Miguel do Rosário. Tive a alegria de ver o meu nome nesta obra prima e recomendo que você leia atentamente.

Este é o link do original:
https://www.ocafezinho.com/2018/01/29/o-dia-em-que-invadi-o-trf4-para-ler-cesare-beccaria/

Aqui um “drops” usado como convite à integra do texto.

Por Miguel do Rosário

Tenho uma história para contar que, por se ligar diretamente aos temas políticos que nos afligem, talvez lhes interesse.

Na quinta-feira 25 de janeiro, um dia após a condenação de Lula no TRF4, eu ainda estava em Porto Alegre. Tinha marcado minha passagem para a sexta, para aproveitar minha estadia na capital gaúcha e fazer algumas pesquisas correlatas aos temas abordados aqui.

Havia acordado cedo, postado um monte de conteúdo no blog e, por volta das 11 da manhã, decidi que estava livre.

Eu tinha um plano: visitar o palácio Piratini, onde Brizola e companheiros se entrincheiraram, em 1961, no movimento conhecido como Campanha da Legalidade, que derrotou o então golpe que se armava contra a Constituição e contra a soberania popular.

Tenho lido muito sobre Brizola e ficado cada vez mais impressionando como a história brasileira vem se repetindo desde os anos 50.

De um lado, uma direita furiosa, ressentida por derrotas sucessivas nas urnas, se subleva e se volta contra a ordem constitucional, embora procure sempre disfarçar sua subversão mediante o uso de um vocabulário jurídico empolado. Seu principal trunfo é o domínio dos meios de comunicação e o apoio dos setores econômicos mais retrógrados.

De outro, uma esquerda aferrada às leis, as quais, embora conservadoras, se convertem, ironicamente, por sua estabilidade, por seu caráter soberano, em bastião revolucionário e popular.

O principal trunfo da esquerda é seu histórico de vitórias eleitorais e um discurso genuinamente voltado para os interesses da maioria.

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.