Atenção: “Temer na China…” não é (apenas) meme!, por Romulus

Atenção: “Temer na China…” não é (apenas) um meme! Já riu? Agora senta e lê porque a coisa é seria… “climão” define!

Por Romulus

Convivo com diplomatas, negociadores de governos, funcionários de Organizações Internacionais e acadêmicos internacionais do direito, da economia e da ciência política, com enfoque nas relações internacionais, comércio e investimento entre os países.

Conheço alguns funcionários da diplomacia chinesa e pessoas proeminentes na academia de lá. Sei BEEEM a opinião que têm sobre o golpe no Brasil.

Para quem entende as sutilezas que os chineses usam para mandar recados, essa foto não é apenas hilária, meme…

É (também) SERÍSSIMA!!

Precisa avisar ao Temer? Ou a cara do Serra nas fotos já demonstra que o recado foi captado?

Alias, o Pres. da China hoje é Xi: da ala tradicional do PC, mais integrista. Ele é, inclusive, muito nacionalista e usa a xenofobia e o “inimigo externo” (e interno – minoria muçulmana) com muita eficácia como fatores de coesão interna (sempre necessários por lá).

Está muito seguro no poder: à guisa de “combate à corrupção”, eliminou TODOS os potenciais rivais da sua geração.

– Onde foi que ouvi coisa parecida, hein??

Isso inclui o popularíssimo Bo Xilai e esposa – eliminados da vida publica em julgamentos televisionados e midiatizados. Minha fonte me diz que ele foi condenado por um “pedalinho”. Ou seria um sitiozinho reformado? Já não me lembro…

Isso quando o padrão chinês de corrupção é chanceler/ex-governador receber USD 20mi em conta offshore, vice receber 10mi in cash dentro do palácio, ou ex-governador / candidato a Presidente ter fundo com centenas de milhões de dólares em… hmmm… suponhamos… Liechtenstein? Suíça é muito clichê…

Nossa! Como a corrupção é terrível lá na China!

Bo era muito bem visto tanto pelo establishment econômico (bom governador de província) como pelos pobres, que ele ajudou com programas.

Me lembra alguém esse perfil…

Mas diferentemente de outra pessoa parecida, Bo e esposa são (eram?) príncipes do PC, filhos de companheiros de armas de Mao. E tinham MUITAS lealdades no exercito. Por isso que a prisão dele foi uma operação praticamente clandestina.

Algo como o que fizeram com Gorbachev na tentativa de golpe nos estertores da URSS. Ou, para ficar em algo mais próximo, algo como uma “condução coercitiva” surpresa, pegando um avião e sumindo com ele.

Tinham que cortar a cabeça e isola-la antes que seus amigos soubessem.

Uma coisa devo reconhecer: dizem que produto chinês é falsificação grosseira. Mas, nesse caso, quem é o imitador de quem?

Mas de volta ao Presidente Xi…

Nacionalismo e preocupação geopolítica exacerbada combinam com sorrir para Temer? Fonte (apenas?) da embaixada americana?

Certamente não se falou nada de relevante neste encontro. A não ser depois que Temer e Serra saíam da sala de reunião:

“Fala rápido que o espião saiu pra escrever um poeminha… o outro foi beber 2 bolsas de sangue!”

Pobre Temer…

Essa era a tentativa de mostrar legitimidade internacional?

Tag em inglês para ele então:

#EpicFail

E, no final, o cerimonial é ainda menos sutil:

Achou que estava ruim? Pois piora!

Imagine ser colocado tão distante do centro que acaba cortado da foto oficial do evento, quando divulgada pela imprensa!

Do – insuspeitíssimo – G1:



Isso sim é “presidente” xing-ling!

*

Atualização 17:45 (4/9/16):

A querida Tania Ottoni – mais um presente que o golpe e o blog me deram – me corrige no Facebook sobre a foto do G1:



– Ouch!!! (2)

Ou seja: lá também chegou o movimento “Fora, Temer!”. A versão em mandarim é:

– Fora, Temer! Da foto oficial!

*

“A regra é clara, Galvão”



“Impedimento”? Mas não é exatamente essa a tradução de impeachment? Xiiii… (Jinping?).

*

Já atualizei o post diversas vezes ao longo do dia…

Por quê?

Porque não param de chegar memes de “Temer na China”.

Mais um, recebido pelo twitter:



*

Atualização 19:40:

Calma!

Piora muuuuito mais a coisa.

Até eu estou constrangido com o que verão a seguir:

Alertado pela aguerrida amiga @gisellemathias, dirijo-me ao site of-i-ci-al (!) da reunião do G20. Na seção de fotos não há nenhuma com o Grão-Mestre da usurpação. Já é algo estranho…

No entanto, notem quem está ali, na foto no cantinho, do lado direito debaixo:

Sim, é ela: a Presidente de direito do Brasil (até 2019), Dilma Rousseff. Trata-se de foto de reunião de 2015, a que ela compareceu. Foto devidamente mantida, para gerar propositalmente constrangimento.

Mas os organizadores não acharam suficiente.

Sutil demais!

Que fazer para deixar a mensagem clara – como o sol do Oriente! – para Temer, Serra e para Obama – que tampouco se prestou a ser fotografado com o golpista…

Nem Obama se prestou?

Não, senhor…

E reparem: é um presidente em fim de mandato, lá chamado de “pato manco” (lame duck), de quem se cobra menos apreço ao protocolo.

Pois bem.

Voltando ao dilema dos organizadores sobre como deixar a mensagem de não aceitação do golpe inequívoca, mesmo para visitantes que levam cinismo e desfaçatez ao paroxismo:

– Que tal pegar a foto de 2015, com Dilma Rousseff em destaque, com roupa igual àquela com que compareceu ao Senado na quarta-feira – vestida, sobretudo, de dignidade – e colocar como uma das (apenas!) 5 fotos do slideshow da home de abertura (!) do site?

– E mais: que tal ser essa a ú-ni-ca das 5 fotos do slideshow COM CHEFES DE ESTADO REUNIDOS?

É issmo mesmo: as outras fotos têm apenas os anfitriões e reuniões de menor escalão: Ministros e Presidentes dos BCs.

*

Bom… concluo este post dizendo que por estes dias – mais do que nunca! – não queria ser a “bela, recatada e do lar” a esperar Temer em casa.

Que dizer para consolá-lo de uma humilhação pública, na reunião dos maiores, diante de todo o mundo?

Uma sugestão, talvez…

Que tal:

– Querido! Foco no que é mais importante! Fora o fato da sua blindagem processual com a posse, lembre que o PGR Janot anulou a delação da OAS. Tamo junto!

Sim… repetiria isso toda noite e também ao acordar para Temer.

Afinal, a abertura da sessão da Assembleia Geral da ONU está logo ali: a menos de um par de semanas.

Bem, talvez não seja calmante o suficiente.

Há receitas alternativas:



*

*

Atualização 5/9/2016 (5:45):

Tinha já a informação, passada por colegas, de que a humilhação de Temer tinha sido “reduzida a termo”. Ou seja, os organizadores do encontro botaram por escrito sua falta de legitimidade internacional.

Como?

Simplesmente omitindo do documento oficial da reunião com a lista de presença dos chefes de Estado, elaborado pelo Ministério das Relações Exteriores da China:

(i) “Seu” cargo de Presidente; e

(ii) Até o seu nome (!!).

Isso mesmo que você leu!

Enquanto todos os demais chefes de Estado e de governo são, como manda o básico do básico do protocolo, tratados pela forma correta, Temer é propositalmente enxovalhado.

Dessa forma, ao lado de “Presidente Obama, dos Estados Unidos”, “Chanceler Angela Merkel, da Alemanha” e “Primeira-Ministra Theresa May, do Reino Unido” aparece um tal de “líder do Brasil”.

Note: “líder” grafado com letra minúscula… deixando claro que não se trata de título:

Ou seja, a revelação do dia da abertura das Olimpíadas já é de conhecimento mundial.

Na verdade, mais: já faz parte do protocolo!



TENSO, Grão-Mestre!

* * *

(i) Acompanhe-me no Facebook:


Maya Vermelha, a Chihuahua socialista

(perfil da minha brava e fiel escudeirinha)

*

(ii) No Twitter:


@rommulus_

*

(iii) E, claro, aqui no GGN: Blog de Romulus

*

Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como “uma esquerdista que sabe fazer conta”. Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.