Emb. Samuel: 4 juízes querem cassar direitos políticos – ao voto – de milhões

Temos no Programa Duplo Expresso desta quinta-feira, 18/01, os seguintes destaques:

– O Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães fala sobre: ”Cassação dos direitos políticos de todo o povo brasileiro por apenas 4 indivíduos: Moro e 3 desembargadores do TRF-4”.

– A jornalista e comentarista de política Niobe Cunha comenta: “A comunicação usada em defesa da democracia ou manutenção do golpe”.

– Wellington Calasans e Romulus Maya comentam a atualidade política, retomando a pauta que o Duplo Expresso – com o impulso luxuoso do Presidente Lulaimpôs ao PIG: o histórico de conchavo com o poder da família do Presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores. Além (1) do comandante que, no Séc. XIX, foi matar os “da Silva” de Canudos, Tomás Thompson Flores; (2) do Ministro do STF nomeado por Costa e Silva, Carlos Thompson Flores; e (3) do prefeito “biônico” de Porto Alegre, Telmo Thompson Flores, a família ainda abriga (4) o Ministro do TCU que tentou o primeiro “golpe das pedaladas”, contra Getúlio Vargas em 1937: Francisco Thompson Flores.

O golpismo antipopular e a demofobia estão no DNA do clã?

Ou aprendem em casa, desde pequenos?

*

Em tempo – “esses” aí que gostam de cultuar pedigree (genocida) sempre buscam, ao mesmo tempo, negar ao povo o direito à memória:

Depois de guerra, Canudos sofreu com alagamento
2/5/2010
DA ENVIADA ESPECIAL A CANUDOS (BA)
FOLHA DE SÃO PAULO

Os moradores de Canudos não têm um pingo de dúvida: o governo ditatorial, ao dar início à construção do açude de Cocorobó, nos anos 50, escolheu um rio, o Vaza Barris, que acabaria por alagar a cidade.

Fato é que a água veio. E deixou submersa a cidade que, antes, fora dizimada pela guerra. “Canudos é uma sobrevivente. Os políticos nunca quiseram que a gente sobrevivesse, mas a gente está aqui”, afirma Raimundo Teixeira, secretário de Cultura. Mas em Canudos velho, como passou a ser chamada a cidade coberta pelo açude, poucos restaram.

Cercadas pelas águas que, quando baixam, deixam a torre da velha igreja espiar o vilarejo, cerca de 50 famílias vivem em casebres espaçados. Isoladas, tiram da pesca o sustento. A comunicação com Canudos é feita por uma estrada de terra.

Em comum, as duas cidades têm os bodes com o ar manso a olhar quem passa e os cactos e o xiquexique prontos a dar um aspecto sertanejo ao verde que, neste mês de chuvas, colore a paisagem que Euclydes da Cunha só viu monocromática.

E o Sertão virou mesmo mar, Seu Antônio Conselheiro… para afogá-lo!

*

Informação com credibilidade, comentaristas e convidados em sintonia com a realidade do país e do mundo.

O programa começa sempre às 6 da manhã: a verdade chega primeiro.

Nas fanpages do Duplo Expresso, Wellington Calasans, O Cafezinho, Falando Verdades, Dilma Resistente e também do Botando Pilha.

#ReferendoRevogatório

#ReconstruçãoNacional

#LeiCancellier

#SoberaniaNacional

#OcupaTRF4

#TaclaFuraBolha

#DarioMesser

#CadeCunha

#QuemeDD

#MoroNaCadeia

#GloboPropineira

Perdeu algum de nossos programas?

Assista em nosso canal no YouTube: http://bit.ly/2CPoHeN

Acesse nosso canal no Telegram e receba drops diários com o resumo do programa: https://t.me/duploexpresso

*

 

Áudio:

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.