1 ano atrás: “Marília Pêra” (dá) “violetas” (a) “Lula” (em) “Curitiba” (?!)

1 ano atrás: “Marília Pêra” (dá) “violetas” (a) “Lula” (em) “Curitiba” (?!)
Do Facebook:
Romulus: Eita, que eu amo esse Post!



Super “Romulus”… pro “bem” e pro “mal”.



(por isso mesmo, NÃO republicado pelo Nassif)





E justamente na semana (!) em que ele foi lá a Curitiba confrontar os autores do infame PowerPoint!



Maria: Esse texto é das coisas mais luminosas que você escreveu, justamente na época das violetas. Admirável e difícil. Que não seria aceito sem protesto pelos leitores certinhos do Nassif.



Daí o “Que porra é essa?”



Daí a resistência de alguns de nós, conciliadores, à mudança intempestiva (de plataforma), pela perda política que acarretava.



Felizmente perdemos, isto é, ganhamos, todos nós. Mas naquela época o stream of consciousness corria mais solto, perigosamente livre, maravilhosamente brilhante, coisa de artista.



Hoje, felizmente pra você, isso está mais domado, sobrando o humor e a ironia do intelectual brilhante.



Que bom, que pena!



Se você reparar, o que estou tentando fazer ultimamente é trazer à baila essa outra dimensão da verdade da arte, como remédio à desesperança. Mas do meu jeito feio, certinho e separado, controlado pelo intelecto que pensa política. Nada a ver com o brilho deste seu texto maravilhoso.



Stream of consciousness é pra aflorar em outros textos, tão proibidos como suas violetas gauche[*].



(Romulus: [*] mais abaixo)



Outros tempos, ou, como dizia um antropólogo, repetindo um ditado nativo, outros campos, outros gafanhotos. Mas adorei rever esse texto mais que brilhante. Parabéns retroativos. Again & again, com admiração e carinho.

*


Introdução – original – da “leitora xodó”:



Introdução da minha leitora-xodó / guru… uma certa Maria. Entre tantas milhões de Marias, onde ela bem gosta de estar… mas totalmente única:



“Ontem, a indignação e a tristeza extrema me fizeram buscar o mais rápido possível um testemunho que me falasse de Lula, que viu de perto esse “extraordinário homem comum”, como disse alguém, que criou para nós um outro Brasil e hoje é perseguido de maneira sórdida e implacável por isso.



Só hoje vi este outro artigo. Precisava o olhar distante, mais a sensibilidade e o brilho de (Romulus), para nos trazer um outro testemunho, desta vez com a perspectiva da história e um olhar voltado para a cultura e a arte, que agora nos mostra uma outra face do depoimento de ontem de Lula. Só esta visão ampla, do estadista, do homem e do mito, nos pode fazer entender a grandeza de Luis Inácio Lula da Silva. Obrigada, Romulus!”



Essa muié inda me mata, Sô!!



E os amigos das redes também… Olhem algumas reações a esse post nos comentários abaixo.


? ? ?

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14359070_1767479826865623_1979940091406813681_n.jpg

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14292276_1767479903532282_2733330630858987497_n.jpg

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14317524_1767479973532275_1701659222099741761_n.jpg

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14291864_1767479776865628_8705833983082784367_n.jpg

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14291659_1767480056865600_460549508372313560_n.jpg

/Users/romulosoaresbrillo/Downloads/14310537_1767480496865556_1640911640493468708_o.jpg
*
Comentários sobre essas – e outras – reações no artigo “Que PORRA é essa?!” – Vol. 1, que, junto aos Vol. 2 e 3, está sempre na “assinatura” dos meus posts.
*

Com licença… “As (violetas) não falam”, Seu Cartola?!


O que fazer quando a violeta resolve te dar de volta ~duas~ florações em apenas um ano, em vez da floração única de se esperar?



Ora, abraço essa floração “proibida”. Saída no verão. E não no inverno, como “mandado”.



Note que a floração, “proibida”, é meio “envergonhada”. E “torta”… não centralizada… nem simétrica.



Floração “gauche”??



“I’m only human”



e…



“She (nada de “it”!!) is only a plant”.



Tem muita “violeta” de carne e osso me dando florações imprevistas todos os dias. Aceito com gratidão e respeito.



Tem até “violeta” canina, que resolve entrar na foto. Photo-bomb? Papagaio de pirata?



Cachorro de um certo pirata?



Tudo junto e misturado?



❤ Todos vocês.



E vocês…



E vocês também…



e…



*



Ótimo sábado a todos!!



Obrigado, vocês!

Obrigado, vida!


*   *   *

– Siga no Facebook:

– E no Twitter:

*
Achou meu estilo “esquisito”? “Caótico”?

– Pois você não está só! Clique nos links para estes artigos e chore as suas mágoas:

*

A tese central do blog:

*
Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como “uma esquerdista que sabe fazer conta”. Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.
Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.