Quem matou o D.E.? – 25/set/2020

Destaques:

Diretamente da Suíça, Romulus Maya, Editor-chefe do Duplo Expresso, recebe Pepe Escobar & Piero Leirner, para — tentar — evitar ter de responder, num futuro próximo, a pergunta: “Quem matou o Duplo Expresso?”.
Na abertura, um time de primeira da economia, nacional-desenvolvimentista, decifrando a jogatina no cassino das finanças: Paulo Gala, Uallace Moreira, André Roncaglia, Elias Jabbour e Eduardo Costa Pinto.
Imperdível!

*

Minutagem inteligente:

Links — diretos — para cada tema, com redirecionamento instantâneo para o respectivo minuto no vídeo

PARTE 1

00:00:00 Introdução por RM (programa monitorado pela Swisscom; o encontro do “acaso” entre de RM e Nabil; a galerinha do mal derruba a internet de RM; a história de Nabil; se o DE cair, ele volta! RM está em baixíssimas temperaturas por causa do roteador e o “stuxnet tabajara”; bolão sobre a desmonetização do D.E.;

00:09:05 RM apresenta os convidados; começando falando das Coreias; o curso de Paulo Gala e Uallace Moreira (UM); UM fala da conciliação entre as Coreias; Elias Jabbour (EJ) comenta o tema, a síntese de nação; a abertura da economia norte-coreana; o resquício soviético; PG fala do discurso da mídia ocidental em relação à Coréia do Norte;

00:17:45 RM fala de Stálin… “pop”?; a “sombra” que favorece Bozo; EC concorda com RM; RM fala da clonagem do seu celular usando spyware; os ataques ao DE; RM fala da “popularização” (?) dos “revolucionários” de youtube e DCE; RM comenta o organograma da TV 171: veículo de Dantas. Há outro… 😉 ; Caetano Veloso “ressuscita” Stálin; a falência da esquerda revolucionária; a super-representatividade – artificial – de Stalin; cui bono?; EC continua falando da atuação da mídia; o surto de uma parte dos militares; RM lembra da guerra híbrida, primeiro, para dentro dos quarteis

00:26:10 RM fala da sua relação com os “comunistões”; a cismogênese cavalgando o “fastasma de Stalin”; EJ entra falando da sua relação com Jones Manoel; RM continua discorrendo sobre as ações desse “revolucionário”; o carola vs. “o revolucionário”: quem incomoda mais o Imperialismo?; fala do sequestro que estava ocorrendo no DE, por disputas menores; RM relembra a sua catarse: tudo tem um “contexto”, sim, Dep. Glauber Braga…; RM fala da conversa com André Ortega, o ora linchado; os ataques de dois deputados do PT a RM; a traição dos “comunistões”; o antes malogro se revelou a salvação do DE!; EJ comenta a situação de RM com o “revolucionário”; EJ elogia o trabalho de Jones; RM põe fim à contenda e “contrata” EJ como meio de campo entre ele e Jones. A ver.

00:46:48 Os economistas começam falando da Coreia; PG fala do Vietnã; a guerra comercial; o discurso da mídia ocidental; a disputa sobre o sucesso comunista; EJ prevê qual vai ser o discurso da “esquerda” no BR sobre o crescimento do Vietnã; RM fala do discurso contra o 5G; o atraso da Apple nesse quesito; UM fala de sua “gafe” na Coreia; EC comenta o tema; as cadeias globais de produção e o seu deslocamento; EC fala do impacto das sanções dos EUA;

00:56:24 RM diz que não há tempo para “Trotsky X Stalin”; EC comenta sobre os modelos de desenvolvimento e os blocos de capitais; PG comenta, lembrando o caso da Nike, e encerra sua participação; EJ comenta a fala de EC; os chineses aproveitam o deslocamento das cadeias de produção; UM fala dos interesses políticos por trás do deslocamento das cadeias produtivas; a internalização das cadeias produtivas; o papel da reforma trabalhista; EC fala da trajetória histórica da Coreia do Sul; UM faz uma perspectiva histórica da Coreia;

1:08:28: UM levanta para EJ sobre o fato de que até os anos 70 a economia norte-coreana era maior do que a da vizinha; EJ comenta o caso; a falência do fordismo; RM tenta falar da extraterritorialidade dos EUA, com De Gaulle vendendo caminhões de uso militar de empresa dos EUA, instalada na França, à China, durante a Guerra do Vietnã, mas…

*DERRUBAM O D.E!!!*

 

PARTE 2

00:00:00 RM explica a derrubada do D.E; o VK não caiu! Nem o Telegram!

00:02:26 EJ continua falando da Coreia do Norte; parceria com Alemanha e França; Nabil, sa Swisscom, testemunha a derrubada do D.E; grande Roberto Requião atende pedido de RM; UM presta solidariedade a RM; RM fala do seu esforço para fazer a transmissão;

00:08:37 EC começa fazendo uma síntese sobre as falas sobre as Coreias; paralelo do modelo asiático com o Brasil; o BTG tem aumento do lucro de 40%; RM fala “por alto” da relação desse com o Oportunnity; EC fala que a Ásia aproveitou a globalização; o “jeitão” da elite brasileira; RM pega o “gancho” para “intimidar” (que maldade, né, Glauber Braga??) Luís Roberto Barroso sobre o seu “jeitaço” no uso das CC5; o “jeitinho” que possibilitou realizar a transmissão do DE; EC comenta o complexo de vira-lata da elite; a “uberização”; a destruição dos direitos sociais; uma crise sem precedentes; faz um paralelo com fim da URSS; a destruição lenta e gradual do Brasil; necessidade do reformismo; EC fala de Macron; EC fala que o período desenvolvimentista do Brasil foi concentrador; a brutalidade do sistema; a separação entre público e privado

00:25:00 RM fala da necessidade do VK; as plataformas alternativas; RM fala do “jeitinho” do Barroso na academia: entrou pela janela no PhD

00:29:32 EC fala da crise, remontando ao contexto de 2016; a questão da luta de classe; a lucratividade dos bancos

00:34:42 A expectativa para a entrada de Piero Lierner (PL) e Pepe Escobar (PE); quem matou o DE?; RM fala da derrubada das lives do DE; o medo dos americanos de Roberto Requião; o “lobisomem de olhos azuis” atende o apelo de RM; RM comenta os fatos policiais em ocorrência; RM explica o “online shaming”

00:44:56 RM fala de uma conversa com um interlocutor na Suíça; RM mostra o seu engajamento na rede; “velha raposa”, o “Requião do MDB”, foi o único político a atender o pedido de socorro de RM diante de mais um ataque — certo — do Imperialismo; RM fala da gratidão a Requião; RM fala das concessões de Requião; RM “balança o coreto” do PIGuinho “Vermelho”; RM fala de seus defeitos e virtudes; o “distintivo”-mor: atacado pelo Imperialismo!

00:59:42 RM fala dos perigos a que Piero está sujeito; RM e os expressonautas se emocionam; RM fala do relato do emissário do “Vovô Voyeur”, de que os ataques ao D.E. vinham do Imperialismo diretamente, nao do GSI: e não é que era verdade?; RM lê o e-mail do fabricante do software sabotado; RM retoma sobre a situação de PL; PL manda pra RM a capa da Folha sobre a fala de Caetano; a esquisita popularização e tematização de “revolucionários stalinistas” em veículos hegemônico. Cui bono?

01:17:01 entrada de PE; RM continua falando sobre Piero; PE e RM fazem campanha pelo VK; PE ganha um canal no VK; o canal do D.E no telegram; PE saúda Nabil, o técnico da Swisscom, fã de Escobar, que possibilitou a transmissão ficando na retaguarda;

01:28:31 RM fala das “coincidências” que o levaram até Nabil; as sabotagens contra o D.E; PE fala da RT;

1:36:46 RM levanta para PE a questão dos “usual suspects”; Piero entra; PE quer saber a situação de Piero; Nabil e o hummus, a pasta de grão de bico; PL fala de sua ascendência árabe; RM fala do racismo

1:47:20 RM continua com a questão “usual suspects”; EJ volta e comenta o artigo de PE; EJ prefere Trump a Biden; PE fala de uma possibilidade de guerra quente com os democratas; a questão de Taiwan; PL mostra seu ceticismo quanto a Trump; PE parabeniza Alejandro Acosta; RM fala da situação da Venezuela;

1:57:47 EJ responde a pergunta de PE sobre as prioridades dos EUA; a primeira é a China!; PE fala do “telecatch” na cena internacional; EJ fala da disputa mundial; PE diz que Samsung não vai abrir mão da Huawei; a questão da relação China-Japão; RM fala da questão China-Japão; EJ propõe o encontro entre os 4 num oráculo (rs)

2:09:33 RM continua falando da questão do Japão; os acordos de livre comércio; PE comenta o acordo ente China e Europa; PL fala sobre a questão se Trump ganhar, levando em conta a Guerra Híbrida no Brasil; o cenário é péssimo; a esquizofrenia da “esquerda” de achar que os “Democratas” são democratas; PE comenta a complexidade do Deep State;

2:19:20 RM retorna com a questão da “volta de Stalin”; PL fala do documentário “Dilema nas Redes”; a superrepresentação de Stalin, de repente; PL analisa o personagem Trump; “Never Trump” = ”Ele não”; PE fala como a Venezuela é tratada pelos russos e chineses; a “October Surprise”

2:31:00 RM fala do americanófilo Luís Roberto Barroso; a questão do controle de constitucionalidade nos EUA; RM bota Roberto Mangabeira Unger na roda; PE comenta sobre M. Unger: Pimenta Neves também relatou que se trata de ativo da Inteligência dos EUA; RM: FHC, Daniel Dantas, Presidente do City e Mangabeira Unger venderam, em segredo!, o Brasil! – a questão de um documento assinado em Washington com o cronograma da alienação dos ativos do Estado: o “Umbrela Deal”, encontrado na sede do Opportunity pela PF na Operação Satiagraha. Assinado em 1992, tinha as privatizações da Vale do Rio Doce, Petrobras, CSN, Portos, Aeroportos, Amazônia (!), Transposição do Rio São Francisco (!), etc. Rubens Valente recebeu tal documento. Mas não publicou em “Operação Banqueiro”;

2:44:02 RM relembra a história dos Panama Papers; a ajuda, de boa-fé, a José Roberto Toledo, que fez questão de SONEGAR informação de que a fonte daquele LIMITED GANHOUT era a Inteligência dos EUA. Alertado por RM, estigmatizou o que era fato, na boca de um Ministro de Estado da França, na TV Pública, como “teoria da conspiração… reptiliana”. A cara do – desonesto – “jornalismo” no Brasil. Sabemos a quem serve.

2:47:40 Piero pergunta para PE sobre Julian Assange; PE comenta

2:54:39 RM comenta o ativismo do DE; fala sobre decepção com José Roberto Toledo

3:00:40 RM comenta dossiecracia transnacional; Daniel Dantas, o rei da fabricação de dossiês; PL fala da máquina de informação do GSI; paralelo entre Trump e Bolsonaro; a necessidade do “fio desencapado” para a dossiecracia funcionar

3:08:48 Um interlocutor alerta RM sobres os riscos de seu ativismo; PE faz uma paralelo com Assange; possibilidade de uma “bomba de nêutron” do WikiLeaks; a proposta de Trump para Assange; PL fala de um artigo do NY Times sobre a entrega de fontes pelo The intercept; PE explica a saída de Snowden de HK; discussão sobre os “usuals suspects”; Daniel Dantas e Moro em Luxemburgo;

3:18:28 RM lembra ataques ao D.E. de um certo “laranja de Dantas”; a exposição de Daniel Dantas e Dario Messer coloca RM em risco; o mecanismo da “mão morta”; RM fala das suas diferenças com J. Assange; do seu “andar na linha”, monástico, para poder combater o Império como ora faz; paralelo: Lula quis “brincar” de BRICS e deu mole aceitando presente de empreiteiro; Romulus Maya “kamikaze”; digressão sobre os documentos originais da Odebrecht na Suíça; R. Requião vs. “revolucionários”; RM lembra os resultados do “online shaming”; RM “operando” pela causa; o ultimato de RM a Lula; o “Lawfare Reverso”;

3:44:22 RM faz encerramento; PE falará da guerra dos chips no próximo programa; RM fala da impossibilidade de termos um horário fixo em virtude dos ataques cibernéticos do Império.

*

Vídeo:

Parte 1

 

Parte 2

*

No VK!


*

No Facebook:

*

Twitter/ Periscope:

 

*

*

*

Áudio:

 

 

*

*

*

Os que nos atacam:

Aqui, aqui, aqui e aqui, a ficha dos que nos atacam, na figura de Leonardo Attuch “Dantas Nahas”, levantada por, entre outros, Paulo Henrique Amorim — e estranhamente deletada de seu site após a sua morte.

DOSSIÊ LEONARDO ATTUCH – VOL. 1: SUPOSTO LARANJA DE DANIEL DANTAS, REFÉM DA JURISTOCRACIA “VIRA A CASACA” 180 GRAUS….

Posted by Romulus Maya on Tuesday, August 11, 2020

 

 

 

 

*

O que temem:

FINALMENTE: baixe as CC5 do Banestado, depois de quase 30 anos!

#BanestadoLeaks: o escândalo de lavagem de dinheiro no Brasil dos infernos

? #BANESTADOleaks: “a lista”, finalmente! ?

 

*

Governo Dilma operando para os EUA (ver os respectivos fios no twitter):

 

 

 

*

NÃO TEM IDEIA DO QUE FOI O ESCÂNDALO DO BANESTADO?
Eis resumão fornecido por Romulus Maya no distante mês de janeiro do Ano do Senhor de 2018, em seu antigo blog:

As contas “CC5” foram criadas em 1969 pelo Banco Central para permitir a estrangeiros não residentes a movimentação de dinheiro no Brasil. Essas contas também eram o caminho para multinacionais remeterem lucros e dividendos ou internar recursos para o financiamento de suas atividades. Por dispensarem autorização prévia do BACEN, as CC5 viraram o canal ideal para a evasão de divisas e lavagem de dinheiro. A movimentação ilegal usando as CC5 somou 179 BILHÕES. De dólares! Ajustando pela inflação em dólar do período (1998-2020), o equivalente a 281 BILHÕES DE DÓLARES em valores atuais. De longe, o maior escândalo de evasão de divisas e lavagem de dinheiro de todos os tempos.

Uma vez estourado o escândalo Banestado, a operação abafa para encerrar de vez os trabalhos de investigação começou em 2001. Durante esse período, milhares de inquéritos foram abertos em todo o País. Contudo, nenhum político importante ou dirigente de grande empresa foi condenado de forma definitiva. A maioria das empresas envolvidas conseguiu negociar com a Receita Federal o pagamento de impostos devidos e, assim, encerrar os processos tributários e penais abertos contra si.

Em relação às empresas de mídia que usaram as contas CC5 para praticar evasão de divisas e lavagem de dinheiro, não se tratou apenas da Globo e dos Marinho. A quebra dos sigilos bancários revelou que o Grupo Abril fez uso frequente das contas CC5, tendo movimentado um total de 60 milhões de Reais. Já o Grupo SBT, do empresário Silvio Santos, movimentou 37,8 milhões de Reais segundo a investigação.

Se na esfera judicial o caso Banestado teve o seu fim escrito pelas mãos do juiz Sergio Moro, no Parlamento a apuração conduzida pela CPI do Banestado teve o mesmo destino. De maneira totalmente inabitual, essa Comissão Parlamentar encerrou os seus trabalhos sem sequer votar a minuta de relatório final!

Explica-se: o esquema das CC5 pegava de A a Z do sistema político, embora em proporções bastante diferentes. O maior implicado, evidentemente, era o PSDB. Afinal, desde 1994 o partido tomara conta da máquina federal bem como de várias máquinas estaduais relevantes, como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Isso sem contar grandes municípios. No que tange ao PT, que acabara de chegar ao poder na esfera federal, o partido administrara até ali algumas prefeituras relevantes, como a de São Paulo, bem como os Estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Acre. Portanto, embora com graus bastante diferentes de exposição ao escândalo das CC5, ambos, PSDB e PT, acabaram atuando no sentido de enterrar, o mais breve possível, os trabalhos da investigação.

O que se viu nessa CPI foi a tentativa de se proteger os cardeais de ambos os partidos, bem como de blindar aliados citados na investigação. Por fim, registre-se que o encerramento da apuração se deu em dezembro de 2004. Já no ano seguinte, em 2005, surge o “escândalo” seguinte, o caso do “Mensalão”. Na prática, em termos editoriais, tratou-se de uma tentativa bem-sucedida da Globo de fazer “subir a pauta”, sepultando de vez o interesse em se investigar as contas CC5. Afinal, como dito acima, esse sistema fora utilizado pelos próprios irmãos Marinho para retirar dinheiro “frio” do grupo, como caixa dois, do Brasil.

(artigo completo, atualizado, aqui)

*

*

*

Canal do DE no Telegram: https://t.me/duploexpresso
Grupo de discussão no Telegram: https://t.me/grupoduploexpresso
Canal Duplo Expresso no YouTube: https://www.youtube.com/DuploExpresso

Áudios do programa no Soundcloud: https://soundcloud.com/duploexpresso
Link para doação pelo Patreon: https://www.patreon.com/duploexpresso
Link para doação pela Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/643347
Duplo Expresso no Twitter: https://twitter.com/duploexpresso
Romulus Maya no Twitter: https://twitter.com/romulusmaya
Duplo Expresso no Facebook: https://www.facebook.com/duploexpresso/
Romulus Maya no Facebook: https://www.facebook.com/romulus.maya
Grupo da Página do DE no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1660530967346561/
Romulus Maya no Instagram: https://www.instagram.com/romulusmaya/
Duplo Expresso no VK: https://vk.com/id450682799
Duplo Expresso no Twitch: https://www.twitch.tv/duploexpresso
Duplo Expresso no Spotify:
https://open.spotify.com/show/5b0tFixIMV0k4hYoY1jdXi?si=xcruagWnRcKEwuf04e1i0g

 

 

 

Autores

Facebook Comments

Redação D.E.

Redação do Duplo Expresso - onde "a verdade chega primeiro". Bem... às vezes primeiro, segundo, terceiro e... último! Único! rs

Redação D.E. has 28 posts and counting. See all posts by Redação D.E.