Golpe na Mega-Sena, o PT e Lula

Segundo a Folha de S. Paulo, um motorista do PT – sozinho – teria levado R$ 15 milhões!
Só ele?
A matéria diz não ser possível saber se há deputados entre os sortudos…
Um dos assessores premiados já adiantou aos colegas: “doará tudo para a caridade” (!)
Viva o socialismo (!)

2016 – imprensa noticia que certo deputado (Fernando Giacobo – PR-PR) “ganhou na loteria” 12 VEZES!
EM APENAS 14 DIAS!

(print 1)

Todos lembramos também de João Alves, deputado que em 1993 afirmou ter ganhado na loteria 221 vezes!
2009 – COAF identificou 30 indivíduos que ganharam simplesmente 1.802 (!) vezes em jogos de loteria.

(print 2)

Não deu em nada.
*
O PMDB de Geddel, Temer e Cunha sempre fez questão de ficar com a diretoria de loterias da Caixa durante os governos no PT.
Por quê?

Lembrar: os R$ 51 milhões encontrados no apartamento de Geddel estavam em cédulas novas, sequência da mesma série de emissão (print 3).

“Inusitado”: nunca se buscou saber a origem de tal SAQUE milionário (banco, agência, gerente).
Nós, pobres mortais, temos de ligar uma semana antes para solicitar saque em dinheiro maior que meros R$ 5 mil!
Ex diretor ele mesmo de loteria da Caixa, há quem sustente que os R$ 51 milhões de Geddel viriam de outro “prêmio de Mega-sena acumulada”, vencido por “apostador anônimo”.
*
Rubem Gonzalez, há muito, anota a coincidência entre a saída de prêmios acumulados da Mega-sena e votações importantes no Congresso, supondo uma possível “injeção de liquidez”, in cash ($$$), para a compra de votos no varejo.
Tal coincidência inclui, por exemplo, a votação da admissão do impeachment em abril de 2016, na Câmara.
Fortuitamente, semanas antes saíra um desses prêmios acumulados…
A propósito, quem pode se esquecer daquilo que parecia ser senha: “por Deus e pela FAMIGLIA”?
Consignava a venda do voto, em gesto mafioso?
*
2017 – Paulo Pimenta recebe – do parceiro Paulo Teixeira (olha a dupla aí de novo!) – a liderança do PT na Câmara. Demite toda a assessoria que ali estava havia anos. E coloca só gente do seu esquema.
2019 – “coincidentemente”, quando concorre à Presidência do PT (a ser decidida agora em novembro), esses assessores, repito: do seu esquema, “ganham” mais um prêmio acumulado da Mega-sena, agora de R$ 120 milhões.
Injeção de liquidez?
Para comprar voto?
E derrotar a candidata de Lula, Gleisi Hoffmann?
Por que tais apostadores abriram mão do anonimato?
Segundo a Folha, um motorista – sozinho – teria levado R$ 15 milhões!

(Print 4)

Só ele?
A matéria diz não ser possível saber se há deputados entre os sortudos…
Um dos assessores premiados já adiantou aos colegas: “doará tudo para a caridade” (!)
Viva o socialismo (!)
*
Aliança Golpe/ banda podre do PT
Lembremos do “kompromat” feito há algumas semanas para pegar um deputado, lulista, e virar os votos dos delegados que controla, de Gleisi para… Pimenta. Usam para isso chantagem com um flagrante armado – de crime – para cima dele. Publicaremos os detalhes dessa operação sórdida muito em breve.
Sendo assim, fosse o caso de uma fraude na mega-sena, tratar-se-ia “apenas” de uma nova associação dos traíras no PT com o submundo do Estado/ crime – e do Golpe – para dar conta de rivais internos.
Notar: lulistas.
Sem esquecer, é claro, do caso Celso Daniel, o ex-Prefeito que esbarrou num esquema originalmente do PSDB (coleta de lixo), mas que era operado também por gente da sua administração. Teve o fim que teve, em outro exemplo de associação entre traíras no PT e submundo do Estado/ crime.
*
CQD
O expressonauta é testemunha: afirmamos, semanas atrás (https://youtu.be/dmid_QG8X8w), que Paulo Pimenta é o candidato do Golpe à Presidência do PT.
E que o parceiro Paulo Teixeira (Mensagem ao Partido/ PT Jurídico) serve, apenas, como corta-luz.
(Saberá Teixeira detalhes do “kompromat”?)
Estávamos certos. Mais uma vez.
Pena que não jogamos na mega-sena, não é mesmo?

😉

*

*

*

Comentamos o tema no Duplo Expresso de hoje:

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments