Algumas palavras sobre uma foto – Mesmo que uma foto fale mais que mil palavras

Por Wellington Calasans, para o Duplo Expresso

Para muitas pessoas a realidade desta foto pode parecer sair de um filme de ficção ou de uma montagem do livro Vidas Secas de Graciliano Ramos. É por isso que alguns ainda não entendem o amor que o povo sente por Lula. É por isso que muitos odeiam quem ama Lula e dizem odiar Lula porque precisam dos votos dessas mesmas pessoas.

Na soleira da porta vemos de cabeça baixa um Lula jovem que talvez nem imaginasse que um dia se tornaria (por duas vezes, por enquanto) o presidente do Brasil e que iria mudar essa realidade de fome e miséria dos excluídos do nosso país.

O triste desta história é que hoje milhões de brasileiros estão retornando à época desta foto, 15 milhões de pessoas estão vivendo na extrema pobreza, 55% dessas pessoas estão no Nordeste.
E hoje o mesmo Lula da foto é um ex-presidente, preso político com 72 anos de idade, condenado injustamente por um crime forjado e com provas baseadas em “delações” que foram reconhecidas como provas por um juiz parcial, corrupto e criminoso, num processo fraudado e criminoso como o próprio Moro.

O maior e último líder popular brasileiro, comparado ao imortal Getúlio Vargas, que tirou milhões de compatriotas da fome e da miséria é hoje vítima de um golpe internacional que conta com células podres nas esferas parlamentar/jurídica/midiática e que tenta impedi-lo de ser candidato e consertar todo esse estrago que foi feito contra o Brasil e os brasileiros.

Esse homem da foto que hoje é refém da quadrilha de Curitiba, recebeu em 2003 o país com a 2ª maior dívida externa do planeta (249 bilhões de dólares ) e com uma taxa de desemprego beirando os 12% e com quase doze milhões de brasileiros desempregados, em menos de oito anos de governo, Lula transformou o nosso país na sétima maior economia do mundo.

Lula criou quinze milhões de empregos formais e que só no ano de 2010 ultrapassou 1,9 milhões (FHC criou apenas 780 mil empregos em oito anos) ou seja, o governo Lula cria em um ano, aproximadamente duas vezes e meio mais empregos que FHC em oito anos. O salário mínimo, quando Lula assumiu a Presidência da República, em 2003, estava em 64 dólares. Em 2010, estava entre 290 e 300 dólares.
Em 2010 mais de 28 milhões de brasileiros saíram da miséria absoluta e outros 36 milhões de brasileiros aumentaram seu poder de consumo (uma França, onde FHC tem apartamento e não é incomodado).

Lula cria 14 universidades federais, 126 extensões universitárias e 214 escolas técnicas federais (com um nível de ensino que formam estudantes que estão entre os dez melhores estudantes do mundo). Mais de 750 mil bolsas de estudo pelo ProUni, só em 2010 foram 180.000 bolsas (Em 3 anos de ProUni formou-se mais brasileiros pobres e negros que em 500 anos), sobravam vagas e essa nova Geração de Universitários e Técnicos que ainda nem haviam se formado, já estavam todos contratados. Hidroelétricas, indústria naval, estradas, ferrovias, portos, aeroportos, siderúrgicas, petroquímicas, gasodutos, hospitais, SAMUs, UPAs.
Mais de 1.000.000 de residências foram construídas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” financiando milhões de habitações.

Petrobras com 5 vezes mais orçamento para pesquisa, a descoberta do pré-sal e a luta para que esta riqueza seja usada para o bem-estar dos brasileiros. Nossas Forças Armadas, que sempre foi sinônimo de sucata, sendo reaparelhadas com o que há de mais moderno no mundo.
Programa Caminho da Escola com mais de 10.000 ônibus entregues (Lanchas Escolares na Amazônia e Pantanal) Programa de inclusão inclusão de milhões de crianças brasileiras que moram no campo e não tinham como ir à escola.

Programa Luz para todos, mais de 2,6 milhões de famílias saem literalmente do escuro! “NUNCA NA HISTORIA DESSE PAÍS” se fez tanto e em tão pouco tempo!
É este homem que fez tanto pelo nosso país, que agora precisa ser resgatado pelo povo que ele tanto ajudou. Lula não precisa provar mais nada para ninguém. Façamos a nossa parte. Reciprocidade é um bom começo.

 

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments

Wellington Calasans

Jornalista, Radialista, Ativista Político, Sonha com um Brasil parecido com a Suécia e uma Suécia com o sol do Brasil, o sonho é livre.