Diários da Pandemia: quarentena e reflexão (4)

Antes de começar o turno a coordenação fez uma reunião com todos nós. Foi apresentado um estudo feito pela Universidade Federal da Bahia, indicando que nos bairros periféricos a tendência é o contágio triplicar.

Na periferia as pessoas não estão levando a sério a questão do isolamento social. Ainda estão presas a estes disparos em massa de fake news pelo WhatsApp.

Estão tratando não como uma questão de saúde, mas como uma questão política. Como uma conspiração chinesa: “Comunistas desgraçados. Botaram o vírus e agora não querem nem vender os ventiladores, que eles mesmos fizeram. Prá deixar a gente morrer mesmo!”.

Aqui na emergência, por exemplo agora, na recepção do PA, eu acho que estou vivendo uma distopia.

As pessoas com o aparelho celular na mão. E o comentário é só fake news. E ninguém se preocupa com a prevenção, em ficar em casa…

Eu fico olhando… Uma massa de imbecilizados com um celular na mão…

Muitas destas pessoas estão mesmo acreditando nesses vídeos, que sabemos serem financiados pelos apoiadores de Bolsonaro. Estão acreditando mesmo que tem que sair para trabalhar, para comer.

É uma coisa louca! Tudo isto para proteger a finança do 1%. Surreal!

Estão convencendo o povo a se jogar da ponte, para proteger um dinheiro que foi roubado dele!

Conseguiram convencer o povo a tirar o próprio dinheiro do bolso para dar aos banqueiros, e depois pular sem paraquedas do avião.

Fazem aqui uma reunião apresentando um estudo indicando que o contágio vai triplicar, e a mensagem subentendida é: “Preparem-se. Vamos ter que escolher aqueles em pior estado para atender!”.

O serviço público de saúde no Brasil não tem capacidade de atender tanta gente infectada.

O novo epicentro do COVID-19 está nos EUA, onde um número enorme de óbitos se registra a cada dia.

As pessoas estão vendo e parecem não processar em suas cabeças. Parecem robôs programados para pensar do mesmo jeito e da mesma forma.

É surreal!

A necessidade urgente é ficar em casa!

Trabalhador da área de saúde e Expressonauta da cidade de Salvador (BA).

.

ver também:

Diários da Pandemia: Pesquisa e Desenvolvimento na luta pela saúde

Diários da Pandemia: o Brasil não vai falir

Diários da Pandemia: na linha de frente

Diários da Pandemia: Complexo da Maré (RJ)

Diários da Pandemia: no canal do Duplo Expresso no Telegram

Diários da Pandemia: junto ao Povo da Rua no Rio de Janeiro (RJ)

Diários da Pandemia: Morro do Sossego, Duque de Caxias (RJ)

*

*

*

Canal do DE no Telegram: https://t.me/duploexpresso
Grupo de discussão no Telegram: https://t.me/grupoduploexpresso
Canal Duplo Expresso no YouTube:
https://www.youtube.com/DuploExpresso

Áudios do programa no Soundcloud: https://soundcloud.com/duploexpresso
Link para doação pelo Patreon: https://www.patreon.com/duploexpresso
Link para doação pela Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/643347
Duplo Expresso no Twitter: https://twitter.com/duploexpresso
Romulus Maya no Twitter: https://twitter.com/romulusmaya
Duplo Expresso no Facebook: https://www.facebook.com/duploexpresso/
Romulus Maya no Facebook: https://www.facebook.com/romulus.maya
Grupo da Página do DE no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1660530967346561/
Romulus Maya no Instagram: https://www.instagram.com/romulusmaya/
Duplo Expresso no VK: https://vk.com/id450682799

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments