Até um cego vê! #3 – Futebol, Globo e o povo

Da Redação do Duplo Expresso,

Joseph Blatter decidiu “botar a boca no trombone” e contar, através de um livro, a própria versão sobre o escândalo de corrupção na FIFA. A Globo está tão incrustada no esquema mafioso que mesmo não sendo citada nominalmente, tem as vísceras expostas pelo cartola.

“Eu então descubro que uma caixa-preta foi constituída com o dinheiro desviado da televisão brasileira”, descreve o ex-dirigente da FIFA, Joseph Blatter, em um trecho do seu livro Ma Verité (Minha Verdade), editado na França.

Em um país sério, o livro de Blatter seria suficiente para a abertura de um inquérito que culminaria com a cassação da concessão da Rede Globo. O problema é que o Brasil é comandado exatamente por esta mesma Rede Globo que detém a exclusividade de transmissão do futebol brasileiro e faz o que quer com isso.

O comentário de Leonardo Lobo, no espaço “Até um cego vê!” desta semana, converge para a linha de denúncia de como o futebol tem sido usado para a alienação dos brasileiros e como o crime está organizado para transformar este elemento da cultura nacional em uma fonte de dinheiro ilícito.

Lobo é otimista e ousa afirmar que o brasileiro acordou. Será?

Confira o vídeo.

 

Leonardo Lobo é músico, professor, ativista político e colaborador do Duplo Expresso.

 

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments