Guerra: precisamos saber quem são os “inimigos”. E, prioridade zero, os “amigos”!

Extrato da live especial “Golpe do Judiciário e invasão americana – por que o PT não dá nome aos bois?” (12/fev/2018), tratando em particular do artigo “‘Tentáculos’: esquema Moro planta fake news na blogosfera… ‘progressista’!” (10/fev/2018).

Posteriormente, o tema seria retomado em outro artigo. Esse, o de maior leitura do site desde que o duploexpresso.com entrou no ar (acreditem: não faz nem um mês ainda!), com centenas de milhares de acessos:

*

Trecho de “‘Tentáculos’: esquema Moro planta fake news na blogosfera… ‘progressista’!” (10/fev/2018):

Estamos em guerra!

Sob invasão estrangeira de uma sofisticada coalizão “híbrida”/ “PPP”: finança internacional + Deep State americano!

Recorro, portanto, à sabedoria milenar do General chinês Sun Tzu. Como todos bem lembramos, o livro “A arte da guerra” virou modinha – e clichê – nas rodinhas de executivos dos anos 90. Contudo, para virar um clichê – e de milhares de anos – algum valor há de ter:

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas.

*

Em vez de embargar “rivais” (?!), “newcomers”, veículos da blogosfera… hmmm… “tradicional”, digamos (ou seria “GloBosfera”, como diz o Calasans?), deveriam estar somando esforços na luta contra o verdadeiro inimigo – comum:

– O esquema Moro!

(e seus patrocinadores estrangeiros!)

*

Se não for o caso de agora finalmente a ficha cair, e o embargo prosseguir, que colegas ao menos tomem o cuidado de não se deixar pautar – sem sequer fazer checagem – por fonte esperta, que – notoriamente – sabe “operar”. Fonte essa que, em momento de clímax, “do nada” “desaparece” por 3 semanas (com todos os aparelhos de celular terminantemente desligados)…

– E que, também “do nada”, “volta dos mortos”, passando a “sondar” veículos do “lado de cá” – inclusive sobre…

– … as pautas em que trabalham e o que “lhes interessa saber”.

Ou seja: seus alvos e próximos passos!

Nós avisamos, em 22/jan/2018:

Capisce?

*

Parece que a lição (magna!) ensinada por Miriam Dutra, a ex-amante de FHC, sobre como aumentar a própria alavancagem contra o “lado de lá” – “operando” o “lado de cá”! – para arrancar “benefícios” e concessões do primeiro não foi, ainda, devidamente aprendida.

  • Ex-amante de FHC tenta – sem sucesso – ensinar o que é “operar” alguém

*

Posso ser “neófito”, “jovem (?) idealista”, “carregar na adjetivação e na carga dramática” dos meus títulos…

Mas…

– … sem falsa modéstia, permito-me dizer que burrice – e ingenuidade – nunca deram as caras por aqui.

Mais: sem ganhar um centavo desde que comecei a publicar artigos em 2016 – muito pelo contrário, registre-se – sou totalmente avesso a tentativas de “conchavos” e “pressões” “de bastidores”. O resultado obtido será, sempre, o oposto!

  • “Nossa resposta a ‘pressões’ e ‘conchavos’: vir a público”
    Extrato do programa do dia 20/dez/2017. Integralidade aqui.

*

O mais “irônico” (?) de tudo isso é que, nesses mesmos “bastidores”, há quem tente fazer colar a “narrativa” de que – o Duplo Expresso! – é quem publica…

– … “fake news” (!)

(haha)

*

Bis:

Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas.

*

*

*

Recordar é viver:

*

Links para os respectivos artigos nos tweets abaixo:

Acha o nosso trabalho importante? Reforce a nossa causa em apenas 2 segundos: apoie a sua divulgação tornando-se um Patrono do Duplo Expresso

Facebook Comments

Romulus Maya

Advogado internacionalista. 10 anos exilado do Brasil. Conta na SUÍÇA, sim, mas não numerada e sem numerário! Co-apresentador do @duploexpresso e blogueiro.