Rede de Solidariedade (5) – Parte 2

No último mês de abril, publicamos o pequeno relato do Felipe Alves, um expressonauta e colaborador da Rádio Expressa,  sobre o trabalho dele, de entrega de marmitas, para desabrigados da capital paulistana.
Agora, publicando a continuação daquele relato, vemos que, além de aliviar o sofrimento daqueles que mais precisam de auxílio, nesse momento de pandemia,  nosso estimado colega vem recebendo, em troca, bem mais do que poderia esperar.

Por Felipe Alves

Em São Paulo/SP, seguimos eu e um casal de amigos entregando marmitas para pessoas em situação de rua. A cada quinze dias, em média, dedicamos tempo para a atividade, produzindo cerca de cinquenta marmitas, às vezes acompanhadas de água, refrigerante, ou mesmo roupas que estão em desuso no armário.

Eu encaro como uma reconexão com a população da minha região. Entre as refeições, há uma história, um desabafo, um sopro de esperança.

Certa vez, perto da República, avistamos cerca de quinze pessoas. Muitos estavam satisfeitos; há pouco passara outro grupo entregando comida. Fui abordado da seguinte forma: “Ei, qual o seu nome?”. Respondi e assim engatamos uma boa conversa. Logo entendi a mensagem: a carência era de atenção, afeto, histórias e risadas. Depois de um tempo interagindo, descobri que era a minha necessidade também.

Em outra oportunidade, ao lado do Terminal Tietê, paramos o carro com o pisca-alerta ao lado de pessoa com um carrinho cheio de papelão. Em 5 ciclos do semáforo, ouvimos sua percepção da situação política do Brasil, desde o golpe de 1964, passando pela redemocratização, Comissão da Verdade e retomada dos militares. Que lucidez! Parece que havia assistido ao Piero Leirner no Duplo Expresso do dia anterior…

Voltando para casa, comentamos as histórias, refletimos sobre a vida e agradecemos por mais um dia de “terapia”. Depois de alguns encontros, ficamos à vontade para conversar, ouvir novas histórias e aprender sobre diferentes convicções.

Impressionante como mudei totalmente minha ideia sobre as pessoas nessa condição. É como se a visão expandisse com um binóculo. Abismos de classe à parte, percebemos que funciona como qualquer ambiente: tem aqueles que chegam envergonhados, outros largam o isqueiro e a pedra para pegar comida, alguns te abordam com certa malícia, às vezes querem descontrair e falar alguma coisa engraçada ou mesmo só pegar a marmita e ir embora. O juízo fica a critério de quem vê.

Uma diferença que percebo entre as pessoas com as quais eu convivo e aquelas que estão em situação de rua é a generosidade destas. Quantas vezes eu ouço “obrigado, já comi!”, sem saber se amanhã terá refeição. Ou “obrigado, melhor entregar para aquelas crianças ali”. E eu, apegado a um casaco que estava usando, não quis entregá-lo a um morador de rua com frio. Quem é o carente? Quem precisa de ajuda?

Não creio em evolução ou elevação espiritual. Nesta passagem curta pela Terra, fazemos escolhas, muitas vezes materiais, em detrimento das espirituais. Quando enxergo a simplicidade das coisas, sinto uma certa libertação, que pode ser interpretada como um crescimento ou uma evolução. Eu chamo de reconexão. E você?

Ouça o artigo no player abaixo e na Rádio Expressa:

_____
Canal do DE no Telegram: https://t.me/duploexpresso
Grupo de discussão no Telegram: https://t.me/grupoduploexpresso
Canal Duplo Expresso no YouTube: https://www.youtube.com/DuploExpresso
Romulus Maya no Twitter: https://twitter.com/romulusmaya
Duplo Expresso no Twitter: https://twitter.com/duploexpresso
Romulus Maya no Facebook: https://www.facebook.com/romulus.maya
Duplo Expresso no Facebook: https://www.facebook.com/duploexpresso/
Romulus Maya no Linkedin: https://www.linkedin.com/in/romulo-brillo-02b91058/
Romulus Maya no Mastodon: https://mastodon.social/@romulusmaya
Grupo da Página do DE no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1660530967346561/
Romulus Maya no Instagram: https://www.instagram.com/romulusmaya/
Romulus Maya no VK: https://vk.com/id450682799
Duplo Expresso no Twitch: https://www.twitch.tv/duploexpresso
Áudios do programa no Soundcloud: https://soundcloud.com/duploexpresso
Áudios no Spotify:
https://open.spotify.com/show/5b0tFixIMV0k4hYoY1jdXi?si=xcruagWnRcKEwuf04e1i0g
Áudios na Rádio Expressa: https://t.me/radioexpressa
Link para doação pelo Patreon: https://www.patreon.com/duploexpresso
Link para doação pela Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/643347

Acha importante o nosso trabalho? Fácil - clique no botão abaixo para apoiá-lo:

Facebook Comments