Análise: Facebook grita “MBL” e (patos?) vermelhos cavam a própria cova

*Atualizado 29/jul/2018 – 11:20*
No caso do MBL, o Facebook alega, vejam só, “uso de nome falso”.
E o militante de esquerda que está no Brasil? O nacionalista? Aquele que, temendo retaliações, prudentemente protege a si – e aos seus – por detrás de um pseudônimo?
Que poderá ele fazer quando o Facebook expuser sua identidade a traficantes e assassinos (incidentalmente com mandato e/ ou disputando cargos eletivos)?
Que poderá ele fazer quando o “tribunal” – privado e obscuro – de um monopólio americano próximo às NSA da vida fechar sua conta porque usa “nome falso” (sic)?
Poderá “recorrer ao Judiciário (nota: o Judiciário da Lava Jato!), como em qualquer outra quebra de contrato” – como sugere o (“globalista” e entusiasta das redes sociais americanas) Sakamoto?
Aproveita-se certo reflexo pavloviano, na sua modalidade “vermelho” vs. “azul”. Grita-se: “MBL… MBL… MBL…”!
E patos vermelhos, cegados pela rivalidade, correm para o despenhadeiro (pior: com sorriso nos lábios!).

Ler mais

Armação na “tragédia do 1º de Maio”: o prédio de SP foi implodido?

Mais uma vez o Duplo Expresso faz a meta-análise e desafia as “narrativas” paralelas – de sinais trocados – difundidas pela imprensa golpista e pela sua gêmea siamesa, a “GloBosfera”, para manipular o debate político usando a tática da pinça. Wellington Calasans, desde a emissão de 2/mai/2018 do Duplo Expresso, trouxe a palavra de expert do Clube de Engenharia da Dinamarca, estupefato com os elementos suspeitos presentes nas imagens da queda do prédio. Assista.

Ler mais

Papagaios de pirata: mas e a defesa em Brasília de Lula, hein?

Como explicar critério “editorial” que leva à escolha de foto com deputado – e não Lula! – em primeiro plano (!) para ilustrar notícia histórica? Inclusive com o rosto de Lula cortado em parte? Quem está ao centro? E quem foi colocado na condição de figurante de luxo?

Ler mais