“Kompromat”: sexo, crime, dinheiro, chantagem – o explosivo submundo da disputa pelo PT

O termo “Kompromat” refere-se ao jargão da inteligência russa, de uso já universalizado, para denotar operações de coleta de informações comprometedoras sobre determinado indivíduo para utilização em chantagem e manipulação, tipicamente com finalidades políticas. E não seria muito diferente no relato abaixo. A diferença é que sai de cena a fria Rússia dos romances de espionagem e entra, no seu lugar, a grande São Paulo. E o calor da disputa pela Presidência do PT, maior partido de oposição no Brasil, a ser decidida em apenas quatro semanas, no congresso nacional do partido.
O relato do “kompromaPT”, e o acerto subsequente, foi apurado e checado com (i) fontes no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o caso é de amplo conhecimento; (ii) dirigente da CNB, a tendência de Lula, onde também é bastante conhecido; e (iii) fontes na Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Ler mais

Carmen Lúcia, lésbica enrustida, mantém Brasil refém desse seu “segredo” (?)

Vamos libertar “Carminha” da chantagem? E de ter que ficar encenando esse álibi ridículo de “freirinha”, “assexuada”, para esconder aquilo de que ela gosta?
O Brasil – e Lula – não podem ficar reféns, dentro do armário da… Presidente do STF (!)
Quem sabe ainda não há tempo para ela se assumir uma “cantora da MPB”, hein?

Ler mais