Reencarnação do (queimado) “Plano B”: impor “vice” (viciado!) a Lula. Se-vícia!

Atualizado em 2/mai/19:12 (ver final e resumo audiovisual)
– Quem já negociou o pescoço de Lula está a defender que esse indique “desde já” o “seu” (?!) “candidato a vice”. Mencionam Haddad (e despistam com Celso Amorim e Jacques Wagner).
– Ora, já ensinava Brizola na sua infindável sabedoria: “vice tem que ficar ocupado. Ocioso, passa a conspirar contra o titular”. E isso vindo de alguém que se cercou dos melhores – Darcy Ribeiro e Nilo Batista – para a função, hein?
– Sobram poucas dúvidas sobre o porquê de haver hoje em Curitiba apenas 5 mil – bravas! – pessoas: diversos militantes do PT denunciam a não organização pelo partido de uma caravana sequer!
– Não surpreende: o objetivo da ala pelega do PT é justamente que Lula siga preso. Querem, ademais, que Lula – e a sua porta-voz, Gleisi Hoffmann – fiquem em posição de fraqueza, para que possam ser mais facilmente dobrados.
– Lembrando: o novo nome do “Plano B” – expressão tornada maldita pelo trabalho pertinaz do DuplEx – é “Lula tem que indicar, desde já, o seu vice”… “que nada tem a ver com Plano B” (sic)… “e poderá, perfeitamente, ser substituído na convenção em agosto” (sic). O raciocínio (deliberadamente) tortuoso assevera que, indicando um vice logo, “Lula preservaria o seu capital político… crescente”.
– Quem eles pensam enganar? Como dissemos meses atrás: “rei posto, rei morto”: ou sai candidato ou Lula já era!

Ler mais