Exclusivo: a quem serve a militância – paga – de Paulo Pimenta, Wadih Damous e Eugenio Aragão

“De graça, por ‘amor à causa’, não tem nenhum ali, não…
Para sermos exatos, R$ 19.902,20 de salário mais mil para a alimentação.
Fora auxílio para transporte, plano de saúde, etc.
E, também, um virtual ‘imóvel funcional’, já que o cúmplice deve continuar tendo à sua disposição a ‘República’ (mais para garçonnière) que manteria em Brasília em parceria com outros deputados.
Aliás, ‘República’ essa bem ‘movimentada’ (e alcoolizada), como sabem todas as ‘Marias-gabinete’ do circuito Brasília-Gama…
(com direito até a cena pública, de esposa ciumenta, de vez em quando…)”
– Tirem as crianças da sala antes de abrir o link. 

Ler mais

Eugenio Aragão: enquanto “#LulaLivre” der lucro, Lula seguirá preso!

Ah, a inveja…
Ah, a hipocrisia…
Ah, esse “telecatch”…
Pois o Duplo Expresso não perdoa.
E, para azar deles, tem memória!
(e links e prints e…)

Ler mais