Suecos celebram o “sol da meia-noite”

Wellington Calasans foi ao povoado de Folkärna na província sueca de Dalarna, a mais tradicional nesta celebração, para ver de perto a tradição. Viu as pessoas dançando, enquanto cantavam músicas infantis tradicionais deste país nórdico.

Ler mais

A fézinha do voto – TSE, Jogo do Bicho e a ética dos contraventores

O que joga, sem trocadilho, contra o TSE neste momento é a constatação de que a credibilidade do Jogo do Bicho decorre da crença que as pessoas depositam nele. No caso do sistema eleitoral brasileiro, a despeito da legalidade a ele atribuída, os cidadãos não confiam mais em algo rejeitado em todo o mundo e que não pode ser submetido a uma auditoria, tal qual o papelzinho do Jogo do Bicho.

Ler mais

Para não dizer que não falei da Copa – Somos todos alienados! Aceita que dói menos

Será mesmo que amamos tanto o futebol? Seria isso apenas um vício? É possível sair da imensa bolha de alienação da Copa? Será que você vai sobreviver se o Brasil for eliminado? Estas perguntas foram feitas a mim mesmo quando lembrei das Copas que assisti, desde a infância. Foi assim que lembrei da propaganda do Batom Garoto.

Ler mais

O que você precisa saber sobre o Irã

Falar do irã hoje significa falar de um país que fez uma revolução há quase 40 anos sem que o povo possa ter dado um tiro sequer. Falar do Irã hoje é falar da resistência anti-imperialista, do arco de alianças amplas formado na prática que envolve outros países como o Iraque, Síria, Líbano, a organização política Hezbolláh, os comunistas, socialistas, patriotas árabes, nasseristas e tantas outras correntes. Que vencem a guerra na atualidade. Pretendo com este pequeno artigo, falar da história mais antiga, mencionando o império de Ciro, passando pela islamização do país a partir de 632 e passar pelo golpe imperialista de 1953.

Ler mais

Lula x Bretas – um clássico exemplo de desvio de foco

É inacreditável que o ex-presidente Lula, um estadista, que saiu do governo com 87% de aprovação, primeiro lugar nas pesquisas para presidente do Brasil, tenha sido usado como desvio de foco pelos braços do judiciário e mídia hegemônica na guerra híbrida. Lula foi estrategicamente escolhido a participar de uma farsa, com atores de quinta categoria, onde o despreparo e a pequenez dos “magistrados” foi mais uma vez escancarada, mas que ocupou – pela presença de Lula – todas as manchetes da imprensa brasileira no mesmo momento em que mais uma fatia do nosso petróleo era roubada.

Ler mais

Bidimbo! – Sistemas de Escrita Africanos

Este texto é um furto. Na verdade, um assalto consentido, uma vez que o professor Spírito Santo permitiu esta transposição de seu blog para cá, no Duplo Expresso. Trata-se de um pequeno tesouro. Um baú de letras, símbolos e alfabetos alforriados. Um resgate sobre uma fração da imensa história africana que costuma chegar ao outro lado do Atlântico com muito pouco fôlego.

Ler mais

Ficção: ufólogos, ateus e crédulos, uma pausa para a reflexão desapegada

Se considerarmos, de acordo com as previsões de Xavier, que os países do hemisfério Sul do planeta seriam ocupados pelas grandes potências, com o aval das Nações Unidas, podemos entender que a invasão da América Latina e parte da África, liderada pelos EUA, China e os mais ricos países europeus (Noruega e Alemanha, por exemplo) apontam para o cenário do Apocalipse. Há uma tensão na Síria neste momento que pode ser a construção de uma tragédia que culmina com o uso de armas nucleares entre os envolvidos. Além da imprevisibilidade política na Coreia do Norte.

Ler mais