A entrevista (e a verdade): Lula entrega-se pela segunda vez. E o Brasil?

– Diante da ausência geral de colhões, vamos lá nós do Duplo Expresso ficarmos “mal na foto”. De novo. Verdades inconvenientes. Ainda que impopulares.
– Sim, este texto é uma porrada. Não só para ler mas também para escrever, acreditem. Serve apenas para quem ousa enfrentar, na medida do possível, os seus vieses cognitivos. Realidade obriga. E o tempo urge.
– A pergunta – e a resposta – mais relevantes de toda a entrevista, garanto, é aquela em que Lula, feito refém, diz temer pelos seus filhos.
Pano rápido.

Ler mais

Debate: Desconstruir Bolsonaro é politizar o cidadão enganado

Dentro da minha proposta de promover o debate, fiz as devidas provocações numa entrevista que considero útil para este propósito, respeitando o contraditório, para que possamos ampliar este debate tão necessário sobre a política do nosso país. A filósofa Marcia Cavalcante fala neste vídeo sobre o dicionário “Desbolsonário de bolso”. São 50 páginas que tentam desconstruir os verbetes recentes que ocupam o tempo das pessoas com insanidades que ganharam força inicialmente nas redes sociais, mas depois ocuparam todos os espaços de debate.

Ler mais

Duplo Expresso Domingo 14/abr/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso deste domingo, 14/04, o seguinte destaque:
– Romulus Maya, Patrícia Vauquier o jurista Luiz Moreira fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

O Eterno Carnaval – Os Poderes Comandando as Farsas

Além do habitual diversionismo, esta Operação, que muito corretamente deverá ficar para a história como “Nos braços do Tio Sam”, também está expondo uma briga de quadrilhas por dinheiro e poder (ou também correrá sexo, para a trinca mágica das motivações?). Como escrevi recentemente, estamos procurando a oposição.E a contrarreforma da previdência, de interesse unicamente bancário, talvez tenha um aumento de custo no Congresso renovado.

Ler mais

Alcântara, o ministro astronauta e o crime de responsabilidade

A interpretação sistemática do artigo 5⁰ da Constituição Federal conduz à conclusão de que ministro mentir (prestar informação falsa) perante uma Comissão do Senado Federal (no caso, perante duas Comissões em reunião conjunta) é crime de responsabilidade.
Para tanto, convido os brasileiros que amam o Brasil a resistir a mais um ato de clara violação dos interesses nacionais, de violação da soberania popular e violação das prerrogativas do Congresso Nacional. Não devemos, nesta hora, fazer cara de paisagem. Que a cidadania se levante, que a Nação se ponha de pé!

Ler mais

Duplo Expresso Domingo 07/abr/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso deste domingo, 07/04, o seguinte destaque:
– Wellington Calasans, Romulus Maya e a arquiteta PhD em Administração de Empresas Patrícia Vauquier falam sobre: “1 ano da prisão de Lula”

Ler mais

Exclusivo: Governo age – ocultamente – pela demissão de Paulo Guedes (olho na “Guerra Híbrida”!)

– Muitos festejaram a acachapante “derrota” do governo com a aprovação da PEC que estabelece o orçamento impositivo na Câmara dos Deputados – sob Rodrigo Maia. Nunca se ouviu falar de tamanha “derrota” de um governo. Ainda mais com menos de três meses de ascensão ao poder. Até mesmo Dilma, no vale da impopularidade, na votação do impeachment teve lá por volta de 100 deputados. Pois Bolsonaro tem hoje apenas 3 (depois dobrados para 6)? 49 deputados do seu partido, o PSL, que votaram a favor da PEC – incluindo o “Bolso-filho 03”! -, estariam na oposição? Ou há algo mais aí?
– O fato – e aqui a informação exclusiva que sustenta este texto – é que o governo não mexeu uma palha para impedir a aprovação do orçamento impositivo – “pauta bomba” – na Câmara. Da mesma forma, nada está a fazer para impedir uma nova “derrota”, desta vez no Senado.

Ler mais

Lava Jato, Máfia, Corrupção e Judiciário – Parte II

Leonel Brizola dizia que as práticas políticas da “oposição” com os “governos militares” geraram um mar de cumplicidades.Estamos mais uma vez submersos, quase afogados, sem poder respirar, nesta globalizante pressão ideológica e financeira desde 1990.

Ler mais

Lava Jato, Máfia, Corrupção e Judiciário – Parte I

A corrupção é o sinal de Estado fraco. O que é Estado fraco? Aquele que a elite que o dirige está comprometida com a manutenção do “status quo”, com o imobilismo – econômico, social, cultural -, no caso brasileiro, com manutenção da escravidão e com o modelo exportador de produtos primários, contra a industrialização.

Ler mais

Análise: “paz armada” entre STF e Lava Jato à vista? – Temer, Moreira Franco, Eduardo Cunha e Paulo Preto

É possível que o principal desdobramento na política brasileira das últimas semanas – o enfrentamento da Lava Jato pelo Supremo – venha a ser descontinuado a partir de um dado momento. Conversando, todos se entendem, não é mesmo? Vejamos se o preço chega a 2.5 bi ou se rola um desconto…

Ler mais

Não basta suspender o acordo firmado entre procuradores da República no Paraná e a Petrobras

Há um engasgo na parte “jato” da operação Lava-jato… Paulo César Lima mostra que, além da pressa supersônica na destinação dos dois bilhões e meio acordados entre a Petrobras e o MPF do Paraná à criação de uma pretensa fundação privada com dinheiro público, há algo pior. Um monstro pairando sobre a estatal de economia mista. Ele está escondido no Anexo C, idem d, desse acordo nefasto, estabelecendo o envio de informações financeiras, confidenciais, proprietárias e de negócios competitivos da estatal diretamente aos órgãos de justiça dos Estados Unidos.

Ler mais

Duplo Expresso 15/mar/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso desta sexta-feira, 15/03, os seguintes destaques:
– O artista visual e ativista político Sama fala sobre “A Sociedade do Espetáculo Hardcore”
– O PhD em Antropologia João de Athayde comenta “Fora Bolsonaro, fora Mourão | Fora Yankees da minha nação”
– O jurista Luiz Moreira participa e comenta sobre “O fundo priva(tiza)do da Lava-jato”
– Romulus Maya e Carlos Krebs fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Amadorismo, Ingenuidade ou Cumplicidade?

A mídia corporativa passou as últimas décadas demonizando a Esquerda, o PT e Lula. E com êxito completo. E de que forma Lula e Dilma reagiram aos ataques? Irrigar com recursos federais esse jornalismo que lhes apunhalavam serviu para estarmos no beco de hoje: o governo Bolsonaro. “cría cuervos y te sacaran los ojos!”

Ler mais

Duplo Expresso de Domingo 10/mar/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso deste domingo, 10/03, o seguinte destaque:
– Romulus Maya, Carlos Krebs, a auditora Maria Lúcia Fattorelli e o jurista Luiz Moreira analisam qual seria a melhor providência para a Previdência Social.

Ler mais

As Verdadeiras Amarras de Lula e o Sequestro do Brasil

O que será capaz de manter a cabeça de Lula ainda altiva e centrada na sua preservação – mental, moral e política? Thais Moya declara que o afeto que ele carrega seria um indutor de seus atos e decisões nos últimos anos, ainda que, por esse mesmo sentimento, tenha negado todas as chantagens que lhe foram impostas.

Ler mais

Duplo Expresso 6/mar/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no programa Duplo Expresso desta quarta-feira, 06/03, os seguintes destaques:
– O especialista na área de Minas e Energia, e PhD na área de Engenharia de Petróleo, Paulo César Lima fala sobre: “O lucro da Petrobras em 2018 e o quanto você receberá de dividendos”
– Romulus Maya e Carlos Krebs fazem a análise da conjuntura política.

Ler mais

Duplo Expresso de Domingo 24/fev/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso deste domingo, 24/02, o seguinte destaque:
– Romulus Maya, Carlos Krebs, o jurista Luiz Moreira e o antropólogo Piero Leirner analisam a escalada das tensões nas fronteiras venezuelanas e a guerra de versões sobre o que é, o que seria e o que deveria ser por lá…

Ler mais

Partido da Lava Jato quer a cabeça de Gilmar Mendes

Como o seu projeto já foi rechaçado por diversos renomados juristas e é também alvo de críticas de ministros do STF, como Marco Aurélio Melo e Gilmar Mendes, Moro agora quer degolar os opositores no STF. O primeiro juiz afirmou “o ‘Projeto Anticrime’ de Moro não irá melhorar os índices de criminalidade”, enquanto Moro também viu o seu projeto reprovado pelo segundo ministro que considerou como “coisa de cretino” a proposta defendida por Moro.

Ler mais

Revolução democrática para vencermos a guerra híbrida

Os primeiros efeitos visíveis da guerra híbrida contra o Brasil, com maior intensidade dos ataques nos últimos quinze anos, nos permitem refletir sobre os caminhos a seguir. Como os objetivos maiores dos piratas das nossas riquezas ainda não estão consumados na sua totalidade, mas já sabemos quem são eles e o que querem, chega o momento de convocarmos os brasileiros (dentro e fora do país) e também cidadãos com empatia com o nosso povo e preocupados com os rumos da nação para que possamos vencer esta guerra.

Ler mais

(Paulo) ?Pimenta? no rabo dele mesmo: quem ri por último?

A verdade chegou primeiro no Duplo Expresso – de novo! Avisamos que o Deputado Paulo Pimenta, inexplicavelmente reconduzido à Liderança do PT na Câmara, tinha o rabo preso. Que era, por isso, mais um refém da Juristocracia.
Daí o acordo que celebrou com a Lava Jato, junto com Wadih Damous, para trair Lula. Fingia defendê-lo, mas enterrava qualquer iniciativa que pudesse, de fato, ajudar a desmascarar Sergio Moro.
Agora, um ano depois – quando o farsante já perdeu a utilidade para o Golpe –, seus “esquema$” começam a vir à tona. Anotem: é só o começo…

Ler mais

Duplo Expresso de Domingo 27/jan/2019

Para assistir, curtir as páginas e compartilhar, temos no Programa Duplo Expresso deste domingo, 27/01, o seguinte destaque:
– Wellington Calasans, Romulus Maya, Patrícia Vauquier e Luiz Moreira comentam: “A crise política do governo Bolsonaro”.

Ler mais

Mourão e a revelação do enigmático “Grande Acordo Nacional”

É revoltante que tentem viabilizar como estadista um candidato a Pinochet (com direito a Paulo Guedes e “Brazilian Boys’’) que recentemente afirmou que “Uma Constituição não precisa ser feita por eleitos pelo povo”. O, ainda, vice de Jair Bolsonaro disse que a elaboração da última Constituição brasileira, de 1988, por parlamentares eleitos, “foi um erro”, e defendeu que a nova Carta deveria ser criada por “grandes juristas e constitucionalistas”. Democracia sem povo? É isso que significa ser um estadista?

Ler mais

Direitos usados para vender shampoo

O Deus-Mercado, onipresente que é, apresenta-se das mais diversas formas. Às vezes, vem coberto sob o manto da invisibilidade que nos permite apenas sentir o peso de sua mão. Mas em outras, chega de forma mais sorrateira, mimetizando lutas por direitos da contemporaneidade, aproveitando cada “nicho”, cumprindo seu papel divino: Estar em todos os lugares e não estar em nenhum.

Ler mais

A Sagrada Ordem Social Brasileira

Doutrinariamente definiu-se que as diferenças sociais não são provocadas por ações políticas ou fruto da luta de classes, mas um ordenamento social sagrado, onde não se deve contestar; afinal “eu nasci assim; eu cresci assim; eu sou mesmo assim; vou ser sempre assim”.

Ler mais

O Brasil na Contramão das Políticas de Segurança Pública do Mundo – Uma bomba de retardo que irá explodir no colo da sociedade

Os principais entraves para uma política de segurança pública verdadeiramente eficaz no país são provenientes de uma mídia monopolista que desinforma e incita permanentemente o ódio aberto aos marginalizados, legislações equivocadas, como a lei antidrogas, e uma cultura jurídica antiliberal e encarceradora. Podemos perceber essa ineficiência através do discurso do recém empossado ministro da Justiça e Segurança Pública, ex-juiz Sérgio Moro, no qual ele fala sobre tornar lei a prisão em segunda instância, instituir o plea bargain, que foi a principal causa do encarceramento em massa nos EUA, pregando também o fim da progressão de regime para membros do que ele chama “organizações criminosas”, destituição de direitos das pessoas presas, entre outras.

Ler mais

Lula sabia de tudo! Quem interrompeu aquele projeto?

Diante da inquestionável necessidade de trazer aquela fala para a atual situação em que está o ex-presidente, proponho aqui, através de perguntas, trocar impressões com o nosso público e tentar compreender o que houve. O ideal seria perguntar diretamente ao ex-presidente Lula, nessa época, faltando um ano para terminar seu segundo mandato, sobre o que ele já sabia nessa época em relação aos “Piratas do Pré –sal” (nome que ele supostamente dá a países que estariam interessados em nos tirar essa riqueza, ele fala em tom de brincadeira)?

Ler mais

Bolsonaro faz com mentiras a “doutrinação” que o PT evitou fazer com verdades para “controlar facilmente a boiada”

Aqueles que hoje criticam Bolsonaro por utilizar as redes sociais para a propagação de “Fake News” devem fazer uma autocrítica. Se houver honestidade na própria crítica, verão que a “doutrinação” que Bolsonaro faz hoje com mentiras, o PT deixou de fazer “com verdades”, pois apostou na alienação política das pessoas como uma ferramenta de “manutenção e controle da boiada vermelha”.

Ler mais

Mourão, a meritocracia tamanho família e a herança escravocrata

Mourão engana os incautos. Se tivesse um pouco de honestidade intelectual, falaria com mais propriedade que a nossa verdadeira herança é escravocrata. Foi essa a herança que moldou as nossas instituições, origem do ódio ao pobre. O mais grave no discurso retrógrado do ex-general, e vice-presidente, Mourão é a total incoerência entre aquilo que discursa sobre a meritocracia e a completa ausência de autocrítica neste caso do próprio filho.

Ler mais

A infame Lava Jato agora como política penal

O juiz “combatente do crime” é a expressão máxima desse autoritarismo contínuo. A “Justiça Policial” brasileira se assemelha à justiça da Alemanha Nazista, onde os juízes nazistas declaravam que seriam “duros com o crime” e que “os prisioneiros não estariam em situação melhor que os desempregados alemães”. Ora, se o juiz existe para prender é prescindível a existência da figura do próprio juiz, basta a polícia. A subordinação do processo penal a esfera política do poder punitivo é a instauração do Estado Policial que vitima todos os dias a população pobre brasileira nos nossos presídios ilegais, população esta, que nunca conheceu o processo como proteção da cidadania contra o arbítrio Estatal, garantido na Constituição.

Ler mais