O regabofe da Carminha e a nova liturgia do cargo: “Quebra, ordinária!”

Cármen Lúcia está escrachada e deslumbrada com o poder. A promiscuidade dos poderes, ministério público PGR (que denuncia), sambando junto com (quem julga) STF e ao lado de uma empresária que pode ser beneficiária de todos eles. Não existe imparcialidade. Com esta farra da justiça, este vídeo escancara a promiscuidade entre os poderes da república e o setor privado.

Ler mais

Decisão da ONU (Parte II) – A necessária reação popular e os incontáveis motivos

Precisamos resgatar a democracia. Precisamos resgatar as soberanias nacional e popular. A esquerda brasileira tem o povo ao seu lado. Quem nega o poder do povo o faz por medo, covardia ou conveniência própria. Não há como excluir o povo desta importante luta pela democracia. Líderes não nascem do marketing eleitoral e não são substituídos por imposição de partidos.

Ler mais

Decisão da ONU (Parte I) – A direita sempre foi golpista. E a esquerda?

A sofisticação deste golpe em curso está no fato de ter sido possível até sexta-feira (17) instaurar e manter o Regime Temer com ares de normalidade. A repetição do mantra “as instituições estão funcionando normalmente” era uma prática à direita e à esquerda, por via da mídia hegemônica – uma concessão estatal a serviço dos interesses internacionais – ou na “Globosfera”, segmentos apresentados como “de esquerda” para “pacificar” o militante ávido por atos que ponham um ponto final neste cenário circense de normalidade.

Ler mais

Zanin driblou a “Ditadura da Toga” brasileira e tirou com a ONU a lona do circo eleitoral

Se dentro do Brasil os resultados foram todos negativos, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, e a sua equipe foram vacinados e deram o troco. Com um processo cirúrgico na ONU, a estratégia de jogar a questão eleitoral como um “dano irreparável” foi o xeque-mate no Regime Temer.

Ler mais

A decisão da ONU sobre Lula, a confusão Democracia x Eleições e como usar a nova arma

O certo é que a confusão que alguns políticos medíocres da esquerda permitiram ser criada foi por não terem separado a luta por democracia da campanha eleitoral. Antes a frouxidão era escondida ao não separarem a luta jurídica da luta política. Agora não têm mais como enganar o povo com live no Facebook ou papéis na mão “denunciando” o que todo o mundo já sabe. Vão ter que dizer se estão com Lula e o povo ou se querem legitimar o golpe com o famigerado “Plano B”.

Ler mais

Lula nasceu para vencer! Decisão da ONU detona inimigos internos e externos

A política é maravilhosa por isso: sempre há o imponderável! E a “bola da vez” é a “sinuca de bico” que a ONU deu no Regime Temer e os seus tentáculos: Ditadura da Toga, Globo, políticos vendidos e instituições cooptadas pela CIA e pelo mercado financeiro. Ao decretar que “Lula é preso político”, a ONU tirou a lona deste circo eleitoral que estava montado para fazer o povo de palhaço.

Ler mais

A roleta russa da justiça brasileira – Lula entra na fase “matar ou morrer”

O que ainda nos causa perplexidade é ver que depois de todos essas violações de direitos e garantias fundamentais perpetradas contra o ex-presidente Lula, depois do sequestro do 8 de Julho, ainda tem pessoas que acreditam que deixarão Lula ser candidato sem que haja uma reação popular. Estamos diante de um grande e sofisticado golpe, que instrumentaliza o judiciário para dar uma impressão de legalidade.

Ler mais

A Reorganização do Estado Brasileiro (Parte IV)

Em conhecida e respeitada obra: “Cidadania, Classe Social e Status” (Zahar) o sociólogo britânico Thomas H. Marshall (1893-1981) divide cidadania pelos “direitos conquistados”: os civis – a liberdade em face do Estado, no século XVIII –, os políticos – a participação na formação e decisão do Estado, no século XIX, com o voto – e os sociais – que chegam com as reivindicações do século XX, principalmente após a vitória comunista em 1918. Mas peca pela ausência da compreensão sistêmica. A soma de direitos conquistados não forma o todo do direito cidadão.

Ler mais

Para não viver enlutado, lute!

A formação da consciência política se dá como consequência de um exaustivo e necessário apreço pelos antigos valores característicos de uma sociedade sadia. Por mais que pareçam démodé esses valores são inseparáveis do real militante de esquerda (aqui a palavra “real” se dá em oposição ao militante da “Esquerda Plim Plim”). A construção dessa consciência é, em grande parte, a mais eficiente profilaxia no combate à doença da “frouxidão pós-moderna”.

Ler mais

Ditadura da Toga – Quem vai convocar o povo brasileiro?

Esse judiciário brasileiro, encabeçado pelas senhoras Carmem Lúcia e a procuradoria representada pela senhora Raquel Dodge, acredita estar acima do bem e do mal, acima da lei, da constituição e dos brasileiros. Esses aloprados tomaram o lugar da política através do discurso demagogo de combate à corrupção. Para enganar os incautos, se colocaram como um poder paralelo, no qual podem fazer o que bem entendem. Nada ou ninguém pode detê-los! Nada ou ninguém regula as suas tarefas ou pode puni-los! Eles são julgados entre si, num completo ciclo de promiscuidade.

Ler mais

Félix Fischer e a conspiração contra o nordestino Lula

O ex-presidente Lula, que se encontra preso e incomunicável em Curitiba, enfrenta um verdadeiro paredão de juízes como Moro, Gebran, Felix Fisher e Edson Fachin. Esses “magistrados” cometem todas as ilegalidades e firulas jurídicas para manter Lula encarcerado e psicologicamente torturado, sem provas, cerceando todos os seus direitos e garantias fundamentais, para mantê-lo longe das eleições de 2018.
Em menos de um mês o ex-presidente Lula teve os seus quatro recursos negados pela “câmara de gás” (enquanto juristas seguem escrevendo livrinhos e evitando ações mais efetivas) de Felix Fischer que é sustentada com dinheiro do contribuinte. Pagamos para manter juízes nitidamente fascistas, que servem aos interesses estranhos às leis. Juízes visivelmente ocupados com a defesa das próprias tramóias, conchavos, acordos e principalmente interesses internacionais e que, para isso, rejeitam a justiça e o direito, cerceando a liberdade de um inocente, um preso político. São esses juízes que aumentam os próprios salários em 16%, enquanto milhares de brasileiros morrem de fome e milhões voltaram à miséria.

Ler mais

A quem interessa a ignorância política do militante “de esquerda”?

O certo é que a visão da sociedade com o que é ser “de esquerda” deve ser comparada à “treva” a ser desvelada e iluminada. É preciso que seja resgatado – ainda que com a necessária modernização – a identidade do cidadão/eleitor consciente e crítico, pois – a despeito dos 13 anos que o “campo progressista” esteve no poder – a maioria dessas pessoas foi destituída da capacidade de conhecer a própria realidade.

Ler mais

Lula lá – Preso, incomunicável e proibido de se candidatar

A cada dia que passa tentarão isolar mais e mais Lula e falarão muito mais sobre Haddad. Como numa eleição para qualquer coisa, menos para quem quer ocupar o cargo de Presidente da República, há quem prefira exaltar virtudes supérfluas e que há pouco tempo foram usadas para mostrar que Lula, sem nada daquilo, ainda era o presidente que mais trabalhou para o Brasil e os brasileiros.

Ler mais

A Reorganização do Estado Brasileiro (Parte III)

Como deve ter ficado evidente, o Brasil só considerará poder aquele oriundo do voto livre dos brasileiros. Também será entregue ao voto, por plebiscitos e referendos, a definição de políticas de Estado, as alterações constitucionais e a solução de controvérsias envolvendo os poderes e as instituições nacionais.

Ler mais

Sem surpresas, “PT Judicial” encaminha Lula para forca e empurra Haddad como “de esquerda”

Eleitores de esquerda não terão opções nas urnas. Sem um candidato que defenda o referendo revogatório e a democratização da comunicação social, estaremos somente a dar legitimidade a uma armação com atores canalhas do nosso país, vendidos ou rendidos aos EUA e ao capital financeiro internacional. A manutenção das políticas do Regime Temer e do monopólio da Globo é incompatível com ser “de esquerda”.

Ler mais

A esquerda brasileira é uma concessão da Globo

Tudo indica que, nos próximos dias ou horas, Haddad será indicado vice de Lula e será o candidato a presidente no lugar do ex-presidente. É a derrota do povo que foi impedido de votar. É a antecipação das eleições com candidatos que representam os bancos com roupas vermelhas ou azuis. Uma farsa que foi construída pela corrupta Globo, braço dos invasores norte-americanos no Brasil.

Ler mais

Cabe qualquer coisa no “com tudo” do Jucá

Enganado pela ala do PT Judicial de que sairia da cadeia “uma semana depois de se entregar”, Lula foi jogado aos leões e agora virou amuleto dos próprios algozes. No lugar de grandes mobilizações das bases, a disputa por um pedaço sujo de papel higiênico que tenha sido usado na cadeia por Lula chega a ser vergonhosa. Tudo isso para “atestar a proximidade e a intimidade” com aquele que muitos desses oportunistas enganaram e abandonaram na cadeia.

Ler mais

A indústria da morte – Mesmo morto, brasileiro segue explorado e humilhado

Não nos cabe aqui fazer juízo de valor sobre as crenças de cada um, cremar ou enterrar – temos apenas essas duas opções. Cada indivíduo deve ter o direito de escolher o que acha ou acredita ser o mais digno para fazer com  os restos mortais dos seus entes queridos. Do jeito que as coisas estão, o que vai restar às famílias é comprar terreno no céu na mão de algum “pastor bem intencionado”, registrar um imóvel por lá e pedir aos cemitérios que enviem as faturas para aquele “endereço celestial”. Vai que algum anjo sensibilizado pague a conta…

Ler mais

Bretas – A mão da bíblia é a mesma do fuzil

Em recente evento realizado pela FLIP, o Juiz “Bretas Moro”, revestido de todo o seu proselitismo político, populismo judiciário e ativismo judicial, temperado com uma grande dose de cinismo e imbecilidade, defende ‘pena de morte política para políticos corruptos.” Somente numa República das bananas, comandada pela Rede Globo um juiz que recebe 2 auxílios moradias tem a cara de pau de vir a público dizer uma asneira dessas.

Ler mais

Delegada Marena – “A Fera de Florianópolis”

“A Fera de Florianópolis”, se sentido talvez ferida no seu narcisismo, volta a atacar! Manda abrir inquérito para investigar o professor de jornalismo Aureo Mafra Moraes, chefe de gabinete da reitoria, depois de tomar conhecimento de um vídeo com entrevistas dadas por ele num evento da universidade. Quem abriu o inquérito contra o jornalista? Os comparsas de “Macarena” que ficaram em Santa Catarina.

Ler mais

Rosangela Moro – A mulher por trás do “mico”

A advogada Rosângela Moro teria recebido dinheiro do escritório do também advogado Rodrigo Tacla Duran, que depois que se negou a pagar o “pedágio” passou a ser acusado de operar propina da construtora Odebrecht. O nome de Rosângela, juntamente com o escritório do advogado Carlos Zucolotto Júnior, aparece em um relatório da Receita Federal entre os advogados que trabalharam para o escritório de Tacla Duran.

Ler mais

Com medo de Garotinho O GLOBO pratica o que mais sabe: a mentira

A Lei da ficha Limpa é claríssima ao prever que somente ficam inelegíveis os candidatos que tenham sido condenados por órgão colegiado em razão de enriquecimento ilícito, o que não é e nunca foi o meu caso. Até mesmo a sentença reconhece que não me enriqueci de forma alguma.

Ler mais

Estadão – Ninho dos fascistas dá vitamina ao criminoso juiz Moro

Impressionante é observar uma plateia de jornalistas e pessoas que tiveram acesso à educação, escolher o arbítrio, rasgar a constituição, escolher entregar a sua liberdade nas mãos de homenzinhos da estatura desse juiz. O preço a pagar pelos “fins justificarem os meios” será muito alto. A conta já chegou! Se não reclamarmos, teremos que pagar o preço de algo que não pedimos nas urnas, empurrado por concurseiros aloprados.

Ler mais

O “Dia do volto” – Lula melhora a história do Brasil

O “Dia do Volto” é a nova história do Brasil. Uma história contada, pela primeira vez, pelo próprio povo. Ao vaticinar o seu regresso, Lula – mais do que um desejo pessoal – estimula toda a militância à vigília e à resistência. Lula sabe que é o único político do Brasil com forte apelo popular e não há inimigo pior para ditaduras, como a atual do Regime Temer, do que a necessidade de falar sobre eleições e ao mesmo tempo ter que incluir a vontade do povo no processo eleitoral. A volta de Lula será a mais consagradora conquista do povo brasileiro em toda a história. É a resistência silenciosa de um povo pacífico, mas que não quer mais ser confundido com “passivo”.

Ler mais

Eleições 2018: “Esquerda x Esquerda”. Falta um pequeno detalhe: combinar com o povo

A direita já se uniu, tudo de mais retrógrado, entreguista e lesa-pátria já se encontra do lado de lá! Chegou a hora de fazermos uma aliança do “lado de cá” pelo direito de Lula ser candidato! O povo deve ser respeitado, a esquerda deve se unir e lutar por duas frentes como uma pauta única: Lula livre e o direito de Lula ser candidato.  A esquerda deve estar toda unida com o povo.

Ler mais

Recordar para Entender (Parte II) – A “Liga da ‘Justiça’” dos aloprados

Nós brasileiros ainda sentiremos muita vergonha deste período da Lava Jato no Brasil. É um espetáculo dantesco, onde homens despreparados e patéticos foram alçados à condição de heróis, através de uma mídia cada vez mais corrompida e vendida aos interesses internacionais.

Ler mais

Debate de gigantes: Luiz Moreira e Pedro Pinho e as ideias sobre “Alterações Constitucionais na Organização do Estado”

O Duplo Expresso tem a honra de apresentar um debate de elevadíssimo nível que reforça o compromisso da nossa página de trazer ao público um material capaz de contribuir para a politização e poder de argumentação na luta contra o Regime Temer e outras anomalias existentes no nosso país.

Ler mais

Plano de Haddad mata os alicerces estruturais do lulismo

O Duplo Expresso promove o debate aberto e franco. Neste post, damos destaque às observações do nosso comentarista, o Doutor em economia Gustavo Galvão, sobre pontos importantes que foram ignorados ou equivocados nas diretrizes anunciadas na última sexta-feira (20 de julho). Leia os posts recentes e tente construir com a nossa equipe soluções para que possamos evitar novos erros.

Ler mais

O “Petismo Jurídico” e o próximo Presidente da República

A agenda do petismo jurídico foi gestada nos Ministérios da Justiça e da Casa Civil, com repercussão e engajamento no Congresso, de todos os Governos do PT, especialmente no de Dilma Rousseff.
Nesses Governos, foram atendidas e fomentadas todas as pretensões punitivistas da PGR, de Cláudio Fonteles a Rodrigo Janot, inclusive a compra do sistema de monitoramento “Guardião”, financiado com recursos do BNDES, além do estabelecimento da ENCCLA e do INOVARE.

Ler mais

Recordar para Entender (Parte I) – Dilma na Globo como “garota propaganda” da Lava Jato e as sementes do mal

Dilma não apenas acreditou como afirmou que “investigações da Lava Jato podem mudar o país para sempre”. Numa coisa a ex-presidente tinha razão, a Lava Jato realmente mudou o pais para sempre, mas foi para pior! Fomos assaltados por uma quadrilha jeca de Curitiba, que, é sempre bom lembrar, promoveu o desmonte da indústria nacional, solapando a nossa economia, destruiu empregos e empresas estratégicas, amargaremos muitos anos essas perdas. Além disso, a Lava Jato foi transformada em uma indústria de delação e venda de sentenças.

Ler mais